Médicos criam corrente do bem contra o coronavírus - ES360

Médicos criam corrente do bem contra o coronavírus

Por meio de suas redes sociais, a categoria se prontifica a tirar dúvidas da população. Objetivo é desafogar as salas de espera das unidades de saúde

São nos momentos mais duros que pequenas atitudes fazem toda a diferença. E diante da pandemia do novo coronavírus por todo o mundo, médicos capixabas aderiram a uma corrente do bem para acalmar e auxiliar a população. Por meio de suas redes sociais, eles compartilham uma mensagem em que se propõem a atender, virtualmente, pessoas com dúvidas sobre a doença.

A mensagem está sendo compartilhada por médicos de todo país, inclusive os capixabas. Foto: Reprodução
A mensagem está sendo compartilhada por médicos de todo país, inclusive os capixabas. Foto: Reprodução

 

A médica Bárbara Gobetti Pancieri, 27, aderiu a iniciativa. De acordo com ela, o objetivo é conscientizar as pessoas a ficarem em casa, evitando assim as aglomerações nas salas de espera das unidades de saúde, o que pode sobrecarregar o sistema.

“Muitas vezes, por medo, os pacientes chegam até os hospitais com sintomas leves ou apenas para buscar informação. Com isso, acabam se expondo a um risco desnecessário e ainda maior de contaminação tanto para elas quanto para as pessoas ao seu redor”, relata a médica.

A proliferação da doença, inclusive, já é alvo de estudos no Espírito Santo. Uma pesquisa realizada pela Findes (Federação das Indústrias do Espírito Santo) para acompanhar o avanço da covid-19 aponta que os casos confirmados da doença dobram a cada três dias no Estado, média superior aos números registrados no Brasil.

Até a noite desta terça-feira, a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde) registrava de 40 casos confirmados da doença no Espírito Santo, 945 casos suspeitos e outros 283 descartados.

Saiba como se precaver do coronavírus

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabonete por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabonete, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.

– Evitar contato próximo com pessoas doentes.

– Ficar em casa quando estiver doente.

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES investiga se morte de paciente foi causada pelo coronavírus

Dia a dia

ES regulamenta doações para combate à covid-19

País

Veja como cada estado determina o isolamento

Dia a dia

Coronavírus: governo do ES distribui kits para municípios