Mais de 20 casos suspeitos de sarampo são investigados no ES - ES360

Mais de 20 casos suspeitos de sarampo são investigados no ES

Ao todo, 26 casos seguem sendo investigados pela Secretaria de Saúde do Estado. São Paulo e Minas Gerais passam por surto ativo da doença

Seguem sob investigação 26 casos suspeitos de sarampo no Espírito Santo. De acordo com a Secretaria Estadual da Saúde (Sesa), neste ano, foram notificados 169 casos da doença no Estado. Desse total, 142 foram descartados e apenas um foi confirmado, no município de Cariacica.

 

Todos os municípios do Espírito Santo continuam com o trabalho de orientação à população para o bloqueio da doença em território capixaba. A Secretaria de Saúde reforça a importância da imunização, especialmente, em bebês de 6 a 1 ano.

O sarampo é uma doença viral de elevada contagiosidade, cuja a transmissão ocorre por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar e falar. Os sintomas iniciais da doença são febre acompanhada de tosse persistente, irritação ocular, coriza e congestão nasal e mal-estar intenso.

Após estes sintomas, há o aparecimento de manchas avermelhadas no rosto, que progridem em direção aos pés, com duração mínima de três dias.

Em crianças de 6 meses a um ano, deve ser aplicada uma dose da vacina tríplice. A partir dos 12 meses de idade, a primeira dose da vacina tríplice viral e uma dose da vacina tetra viral aos 15 meses.

Os indivíduos de 1 a 29 anos devem ter duas doses de vacina com o componente sarampo. Para aqueles de 30 a 49 anos, uma dose é o suficiente. Os trabalhadores da Saúde devem ter duas doses da vacina, independentemente da idade.

Mais notícias
País

Governo fecha contrato para compra de vacinas da Pfizer

Dia a dia

Paciente transferido de Santa Catarina chega ao ES

Política

Casagrande é pré-candidato à presidência, diz PSB

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência