Letícia Scarpa apresenta sua ‘brasilidade’ em show - ES360

Letícia Scarpa apresenta sua ‘brasilidade’ em show

Cantora estreia no estado com o álbum ‘Lê’, nesta quinta (25), no 244/Club. Disco tem versões masterizadas e novos convidados

Letícia Scarpa
Letícia Scarpa apresenta pela primeira vez o disco “Lê”, de 2011, no Espírito Santo, nesta quinta-feira (25), no 244/Club, em Vitória. Foto: Divulgação

Copos de vidro, folhas de papel e bujão de gás para criar uma sonoridade que caminha do baião ao pop rock. Provocativo e explorando vários ritmos brasileiros, o disco de estreia da paulista Letícia Scarpa, “Lê”, tem “instrumentos” nada convencionais e dá outros ares à artista, antes reconhecida no teatro e na TV.

Preparando uma apresentação inédita do álbum, com versões masterizadas e novos convidados, Letícia faz show pela primeira vez no Espírito Santo, amanhã, às 20h, no 244/Club, na Praia do Canto, em Vitória.

Assim que foi lançado, em 2011, o disco de 12 faixas recebeu uma pré-indicação para o Prêmio da Música Brasileira, a maior competição do gênero no país. Foi o pontapé para a arquiteta, designer, locutora de rádio e dona de uma marca de joias mergulhar nos estúdios. No entanto, segundo ela, não como cantora, mas como “compositora que interpreta suas ideias”.

“Enquanto ainda atuava no teatro, participei de alguns musicais e acabei tendo que cantar. Comecei a ficar interessada. Decidi então fazer uma especialização em música, para entender melhor o que eu estava fazendo…”, conta.

Além do desejo de trabalhar profissionalmente com música, o resultado foi uma parceria com o colega Edu Maranhão. Juntos, fizeram arranjos e harmonias que, inicialmente, enquadram-se na MPB. “Mas a MPB é tanta coisa… Não queríamos engessá-la. Bebemos das ‘brasilidades’ e fizemos uma mistura com nossa cara”, afirma Letícia.

Por meio de jogos de palavras, as letras mostram uma busca para posicionar-se no mundo. Na faixa “Mulher de mil mulheres”, Letícia interpreta a pluralidade feminina: “Eu trago tantas no meu peito/exalo todas em mim/e falam pelos cotovelos/me atordoam ou calam/desaparecem no silêncio/mesmo só ainda sei que elas estão aqui”.

“É um álbum realmente autoral, pois participei de cada detalhe… Essas canções são eu, o que acredito e defendo, sempre com muito amor”, diz.

Quando: o show acontece nesta quinta-feira (25), às 20h.
Onde: no 244/Club (rua Madeira de Freitas, 244 – Praia do Canto, Vitória)
Couvert: R$ 30,00
Informações: (27) 9.9502-0244.

Mais notícias
País

Governo fecha contrato para compra de vacinas da Pfizer

Dia a dia

Paciente transferido de Santa Catarina chega ao ES

Política

Casagrande é pré-candidato à presidência, diz PSB

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência