Jardim Camburi, em Vitória, ganha pub sertanejo - ES360

Jardim Camburi, em Vitória, ganha pub sertanejo

O “Tennessee Pub” funcionará de quinta a sábado, a partir das 22h; e aos domingos, a partir das 19h; com capacidade para cerca de 250 pessoas

A dupla Erick e Eduardo faz show hoje no espaço. Foto: Divulgação
A dupla Erick e Eduardo faz show hoje no espaço. Foto: Divulgação

Inspirado em um dos berços da música country norte-americana, o estado do Tennessee, os capixabas ganham nesta quinta-feira, a partir de 23h, uma nova casa de shows, o “Tennessee Pub”, em Jardim Camburi, Vitória.

Com capacidade para quase 250 pessoas, o pub tem dois andares e é localizado próximo a um dos pontos mais movimentados do bairro, a “Laminha”. Inicialmente, funcionará de quinta a sábado, a partir das 22h; e aos domingos, a partir das 19h.

Apesar da essência sertaneja e country, a casa também terá espaço para outros gêneros musicais, como explica um dos sócios, Pablo Menezes, 33. Neste domingo, inclusive, às 19h, as atrações Andinho e Samba Tennessee chegam para colocar o samba no pé do público.

“Decidimos construir o pub quando percebemos como a música sertaneja substituiu a música de boate. Além disso, quem escuta sertanejo gosta de ir a shows diferentes. Quem não gosta, tem maior resistência”, afirma Pablo.

A decoração da casa lembra a rusticidade de cidades do interior, com palco, fachada e móveis de madeira de demolição. Quanto ao cardápio, serão oferecidos drinques e carta de bebidas, além de opções de churrasquinhos, pastel, batata frita, diferentes porções de carnes e hambúrguer.

Para a inauguração, o pub reunirá mais de 15 atrações, entre ele, Léo Lima, Rodrigo Balla, Donato, Rômulo Arantes, Felipe Ribeiro, Reder, Michele Freire, Erick e Eduardo e Lilian Fer.

Mais notícias
Esportes

Para Colômbia, é ‘improvável’ receber voo da Seleção Brasileira

Política

Cartório 'censura' escritura da mansão de Flávio Bolsonaro

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória

País

Maioria dos bares respeita restrição no Rio