Jace Theodoro é convidado especial do projeto "Espírito Som" - ES360

Jace Theodoro é convidado especial do projeto “Espírito Som”

Artista fará a interpretação de um poema escrito pelo autor Danilo Louro, retratando os prazeres e conflitos de trabalhar com a cultura

Jace Theodoro escreve sobre o cotidiano. Foto: Tuanny Louzada/Divulgação
Jace Theodoro é dono de vários talentos. Foto: Tuanny Louzada/Divulgação

Camaleão da cena cultural capixaba, o cantor, escritor e ator Jace Theodoro é tido como um artista completo. Autêntico, versátil, ele será o convidado especial do show “Vitoriosa”, que será comandado por Eliane Gonzaga em homenagem à Ivan Lins, nesta quinta-feira (03), às 18h50, pelo projeto “Espírito Som”. A transmissão ao vivo será feita na TV Capixaba – aberta por satélite em todo o estado – e nas redes sociais da emissora e do portal ES360.

Na live, o ator vai interpretar de um poema escrito por Danilo Louro, para retratar tanto os prazeres de um artista quanto os conflitos atuais para continuar fazendo seu trabalho. “É uma grande responsabilidade, ainda mais pelo texto não ser meu. Não envolve apenas decorar os versos, mas sim interpretá-los, dando vida a eles”, diz Jace. Sua participação vai acontecer na primeira metade do show, pouco antes de “Somos Todos Iguais Esta Noite”, um dos muitos sucessos de Ivan Lins.

Parceiros musicais de longa data, Eliane e Jace já trabalharam juntos no espetáculo “Seu Tipo Eu”, idealizado pelo ator em 2018 e também apresentado no 244/Club, em Vitória, onde a live será feita. Foi após saber da admiração de Eliane por Ivan que ele decidiu chamá-la para cantar no show, cuja direção era assinada pela própria cantora. “Ela é uma pessoa com quem tenho muita afinidade, pois nós preservamos a essência um do outro. Somos diferentes e, ao mesmo tempo, fazemos algo sair disso. Isso acontece porque estou me unindo a uma pessoa que entende do assunto”, conta.

Eles apresentaram a música “Cartomante”, que agora faz parte do repertório de Eliane em “Vitoriosa” e, segundo Jace, possui um lugar importante no momento de falarmos sobre a pandemia. “Parece que a letra dessa música é mais atual do nunca. Ivan fala sobre se proteger, não andar pelas ruas e esquecer o medo que temos da vida. Tudo o que estamos vivendo agora”, acredita.

Para o artista, a genialidade de Ivan Lins vem dessa capacidade de tornar as músicas atemporais, especialmente desde a sua atuação artística na época da ditadura brasileira. “O Ivan tem uma potência musical muito grande. As composições e melodias que ele fez com Vitor Martins, seu parceiro por muitos anos, são preciosas. Não é à toa que vários artistas internacionais regravaram sua obra”. Da lista de músicos renomados que regravaram canções de Ivan fazem parte estão Quincy Jones, George Benson, Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan e Barbra Streisand.

Isolado em casa por conta da covid-19, Jace aceitou o convite de Eliane como forma de apoiar os artistas locais, impactados pela falta de renda e shows na noite capixaba. “Minha participação é por uma causa: os músicos. Se o assunto for meus colegas de profissão, estarei lá, fazendo minha homenagem, ainda mais neste momento em que a cultura tem sido uma grande companhia para as pessoas que estão em casa”, defende.

Além do artista, Eliane será acompanhada no palco pelos instrumentistas Mauricio Fazz (piano, voz e arranjo), Paulo Sodré (baixo) e Marlon Aloir (bateria e percussão).


Comentários:

  • Tenho certeza que será lindo e emocionante. Eliane Gonzaga e Jace Theodoro dois artistas maravilhosos. Amo muito.

  • Excelentes artistas! Não posso perder esta ótima oportunidade de assistir estes grandes talentos!


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Mundo

Ataque a faca deixa ao menos dois mortos na França; suspeito foi preso

Dia a dia

Veja como está o funcionamento das consultas eletivas em Vitória

País

PF mira propinas para servidores de estatal de tecnologia e desvios em banco

Dinheiro

Receita começa a enviar cartas a contribuintes na malha fina