Ivan Carlini fica sem mandato, mas afirma: 'Não perdi' - ES360

Ivan Carlini fica sem mandato, mas afirma: ‘Não perdi’

Há sete mandatos na Câmara e 12 anos na presidência da Casa, Ivan Carlini (DEM) foi o terceiro mais votado mas não foi eleito pelo coeficiente eleitoral

Ivan Carlini deixará a Câmara após sete mandatos consecutivos. Foto: Reprodução/Facebook

Vereador há sete mandatos e presidente da Câmara de Vila Velha, Ivan Carlini (DEM) não vai ocupar uma cadeira na casa de leis do municípios nos próximos quatro  anos. Apesar de ter sido o terceiro mais votado do município, com 3.502 votos, Carlini não se reelegeu depois de 28 anos na Câmara, sendo 12 como presidente, por causa do coeficiente eleitoral, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Aos 60 anos, ele conta que não queria ser candidato novamente, mas tanto o partido como as comunidades pediram para ele concorrer.  “Considero que não perdi. Ser o terceiro mais votado entre 503 candidatos é uma prova que o povo sempre reconheceu o meu trabalho, tanto a Grande Cobilândia e toda Vila Velha. Queria agradecer os moradores da cidade de Vila Velha, que representei por 28 anos”, disse Ivan Carlini

Sobre o resultado da votação para prefeito no município, em que o seu colega na Câmara Arnaldinho Borgo (Podemos) levou a melhor com 36% dos votos contra 22% do atual prefeito Max Filho (PSDB), ele avalia que com a covid, muitas pessoas deixaram para decidir na última hora e também houve menos campanha na rua. “Arnaldinho foi o mais votado na eleição passada. Ficou gravado na mente do pessoal”, diz.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Acidente entre ônibus e caminhão deixa mortos e feridos em rodovia do interior de SP

Eleições 2020

Padres divergem sobre campanha eleitoral em Vitória

País

Apenas 4,7% dos filhos de pais sem instrução terminam o ensino superior no Brasil

País

PF faz 219 buscas em quatro estados atrás de arquivos de pedofilia na Deepweb