iPhone 12: Apple anuncia primeira geração do celular com 5G - ES360

iPhone 12: Apple anuncia primeira geração do celular com 5G

A nova linha de aparelhos custará a partir de US$ 700

O iPhone 12 Pro é mais um aparelho da família apresentada pela Apple nesta terça-feira. Foto: Divulgação
O iPhone 12 Pro é mais um aparelho da família apresentada pela Apple nesta terça-feira. Foto: Divulgação

 

Finalmente chegou o novo iPhone: a Apple apresentou o iPhone 12 em evento virtual nesta terça-feira, 13. Pela primeira vez, o aparelho terá suporte à tecnologia 5G, que promete mais velocidade. A nova linha tem quatro modelos e custará a partir de US$ 700, podendo chegar até US$ 1.100 nas versões mais sofisticadas. Ainda não há informações sobre preço e data de lançamento no Brasil.

Durante o evento virtual nesta terça, o presidente executivo da Apple, Tim Cook, disse que o iPhone 12 é o começo de uma nova era para o iPhone. “O 5G vai trazer uma nova era de downloads, uploads, games e vídeo. As redes 5G são mais avançadas por ter menor latência e menos congestionamento de redes”. Ele pontuou também que a tecnologia ajuda a proteger a privacidade e a segurança, já que não será preciso se conectar em Wi-Fi públicos.

Tradicionalmente, a Apple anuncia três modelos. Neste ano, porém, a fabricante de Cupertino anunciou uma nova versão compacta do celular, o iPhone 12 mini, que custará US$ 700. Os outros modelos, o iPhone 12, o iPhone 12 Pro e o iPhone 12 Pro Max, custarão respectivamente a partir de US$ 800, US$ 1.000 e US$ 1.100.

O iPhone 12 e o iPhone 12 mini serão lançados em 13 de novembro nos Estados Unidos. As versões Pro estarão disponíveis para pré-venda nesta sexta e começam a ser vendidos no dia 23 nos EUA.

Os modelos Pro trazem telas maiores, além de câmeras mais sofisticadas. Neste ano, o destaque para a linha mais profissional está em um novo sensor, chamado de LiDAR, que permite rastrear como a luz se reflete em ambientes, tendo uma visão 3D do mundo. Funciona para fotos e vídeos, e também para realidade aumentada.

Sem carregador

A Apple trouxe durante o evento uma notícia importante para os consumidores. A partir de agora, a empresa vai parar de mandar carregadores dentro das caixas dos celulares: será preciso comprar um carregador à parte quando você comprar um iPhone.

A Apple afirma que a decisão tem caráter ecológico, visando reduzir a emissão de carbono, já que permite que mais iPhones sejam enviados em cada frete, além de reduzir a mineração de metais usados para o carregador. Nas redes sociais, muitos usuários criticaram a medida dizendo que há uma intenção comercial por trás do “discurso ecológico”.

Tela

Os modelos de iPhone 12 possuem tela de OLED, com duas vezes mais pixels (pontos na tela) do que o iPhone 11. Assim como o iPhone 11, o aparelho mantém a franja no topo da tela, para incluir a câmera frontal e os sensores de reconhecimento facial.

A Apple diz que reduziu ainda mais as bordas da tela no iPhone 12, fazendo um celular 16% mais leve e 11% mais fino. O celular terá corpo de alumínio e, segundo a Apple, a tela se tornou ainda mais resistente: não é mais “vidro”, é um “escudo cerâmico”, desenvolvido pela empresa em parceria com a Corning, empresa especializada em telas de celular. É mais resistente do que qualquer vidro de celular.

A tela do iPhone 12 e do iPhone 12 Pro é de 6,1 polegadas, enquanto a da versão mini é de 5,4 polegadas. Já no iPhone Pro Max o tamanho do visor é de 6,7 polegadas, que, segundo a Apple, é maior tela já colocada em um iPhone.

Processamento

A nova linha de iPhones da Apple funciona com o novo chip da Apple, o A14 Bionic. É o primeiro chip construído para um smartphone com transistores de 5 nanômetros.

São 11,8 bilhões de transistores dentro de um pequeno chip: quanto menor o transistor, mais transistores cabem num mesmo espaço. O motor neural, de inteligência artificial, agora tem 16 núcleos, enquanto o iPhone 11 tinha 8.

Câmeras

No iPhone 12, a câmera tem duas lentes principais, uma angular e outra grande-angular, de 12 MP (megapixels). O sistema de câmeras também possui recursos de inteligência artificial e “fotografia computacional” que, segundo a Apple, “turbinam tudo aquilo que o olho vê”.

As fotos, porém, atingem outro nível nos modelos Pro. O iPhone 12 Pro e no Pro Max possuem câmera traseira tripla, com 12 MP. Além da angular e da grande-angular presentes no iPhone 12, há ainda uma teleobjetiva e o sensor LiDAR (é o novo buraco que aparece no conjunto das lentes traseiras).

A nova teleobjetiva (a câmera que dá zoom, em termos populares) agora tem 65 mm. No iPhone 11 eram 52mm, o que significa que é possível tirar fotos mais focadas. O iPhone 12 Pro terá a primeira câmera a gravar em Dolby Vision HDR, um sistema que hoje é usado apenas por grandes estúdios como a Netflix.

Cores

O iPhone 12 e o iPhone 12 mini virá em cinco cores: preto, branco, vermelho, verde limão e azul. Já as versões Pro estarão disponíveis em quatro cores: azul, prata, preto e dourado.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Aeroporto de Vitória voltará a ter voos para Congonhas em novembro

Dia a dia

Alerta de chuva forte e volumosa no Espírito Santo

País

Ministro do STJ aparece de cueca em sessão virtual da corte

Dia a dia

Espírito Santo tem 12 mortes pela covid-19 em 24 horas