Idosos com mais de 80 anos devem começar a ser vacinados em duas semanas - ES360

Idosos com mais de 80 anos devem começar a ser vacinados em duas semanas

Com a previsão de receber novas doses entre os dias 20 e 25 de fevereiro, estado se prepara para começar a vacinar cerca de 65 mil idosos com mais de 80 anos

Nesio Fernandes e Luiz Carlos Reblin. Foto: Divulgação/Sesa

Com a previsão da chegada de novas doses de vacina entre os dias 20 e 25 de fevereiro, o Espírito Santo se prepara para começar a imunizar idosos com mais de 80 anos contra a covid-19. Na semana passada as pessoas com mais de 90 anos começaram a ser vacinadas.

A faixa etária que será vacinada vai depender do número de doses recebidas. O subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, explicou que se o número de doses não for suficiente para atender a todos com mais de 80 anos, vão começar com os maiores de 85. “Para o mês de março, havendo a continuidade da distribuição de doses, o Espírito Santo tem condição de realizar a vacinação de todos os idosos, que totalizam 500 mil pessoas”, explica.

Segundo Reblin, o estado tem cerca de 88 mil pessoas com mais de 80 anos. Considerando que parte delas já foram vacinadas por serem moradoras de instituições de longa permanência e outras estão no grupo de mais de 90 anos já vacinado, a população estimada para ser vacinada nesta segunda fase é de 65 mil pessoas. O secretario de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, acrescentou que se o número de vacinas a ser recebida for superior, pode haver o avanço para outras faixas etárias.

O subsecretário Reblin explicou que a vacinação dos idosos com mais de 90 anos foi iniciada na semana passada usando a reserva da segunda dose para trabalhadores da saúde, indígenas e idosos que moram em asilos. Com a chegada de mais 54 mil doses neste domingo, será possível começar a aplicação da segunda dose nessas categorias a partir desta semana nos municípios.

Sobre a imunização de profissionais da educação e segurança pública, Nésio disse que considera prioridade e afirmou que esses grupos serão vacinados assim que houver disponibilidade de doses. “Não temos doses disponíveis. Agora estão sendo vacinados os profissionais de saúde a população idosa, que é quem mais adoece e tem mortalidade mais alta com a doença. Estamos insistindo com a aquisição complementar das vacinas para imunizar grupos nos quais queremos antecipar o calendário nacional”, destacou.


Comentários:


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES vai comprar 250 mil testes de antígeno para covid

Dia a dia

Covid-19: ES tem 26 mortes e 1.183 casos em 24 horas

País

Com UTIs lotadas, estados ampliam restrições

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência