Ibovespa fecha em alta com recuperação de Petrobras e BB - ES360

Ibovespa fecha em alta com recuperação de Petrobras e BB

Investidores estão na expectativa de desfecho da reunião do conselho de administração da Petrobras

O Ibovespa fechou em alta nesta terça-feira, subindo 2,27%, a 115.225,38 pontos, apoiado principalmente na recuperação das ações da Petrobras e bancos. Novamente expressivo, o volume financeiro alcançava 45 bilhões de reais, enquanto Eletrobras despontou entre os destaques positivos, em meio a expectativas atreladas à sua privatização.

Bolsa retoma patamar de 100 mil pontos pela primeira vez desde março. Foto: Csaba Nagy/Pixabay
Investidores estão na expectativa de desfecho da reunião do conselho de administração da Petrobras. Foto: Csaba Nagy/Pixabay

Petrobras PN e Petrobras ON saltavam 9,6% e 7,3%, respectivamente, após a estatal perder 74 bilhões de reais em valor de mercado na véspera, quando as ações despencaram por temores sobre ingerência do governo na empresa.

Investidores estão na expectativa de desfecho da reunião do conselho de administração da Petrobras, que deve avaliar a indicação pelo presidente Jair Bolsonaro do general Joaquim Silva e Luna para comandar a petrolífera.

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) abriu dois processos contra a Petrobras na esteira do imbróglio causado pelo anúncio de troca no comando. A Justiça Federal de Minas Gerais pediu explicações de Bolsonaro e da companhia no prazo de 72 horas.

Eletrobras ON avançava 8,8% e Eletrobras PNB subia 8,65%, tendo ganhado tração após a Reuters noticiar que o governo trabalha para publicar nesta terça-feira MP associada aos planos de privatização da elétrica.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Política

TRE do Rio aumenta pena de Garotinho para 13 anos e 9 meses

Dia a dia

Taxa de ocupação de UTI para covid passa de 80% no ES

Dinheiro

Guedes vê perda estrutural em PEC emergencial aprovada no Senado

País

Alesp deve votar punição a deputado por caso de assédio