Hospital vai realizar cirurgia inédita para retirada de tumor no pulmão - ES360

Hospital vai realizar cirurgia inédita para retirada de tumor no pulmão

O procedimento inovador, chamado de lobectomia uniportal por vídeo, será realizado neste sábado. Retirada de parte de pulmão doente será feita por corte de 4 centímetros

Vitória Apart Hospital terá cirurgia inédita no estado. Foto: Divulgação

Uma cirurgia inédita será realizada no Espírito Santo neste sábado (26) para retirada e tratamento de tumor pulmonar.  Ao contrário da cirurgia tradicional, o procedimento por vídeo, com uso de microcâmeras, permite o acesso ao pulmão por meio de uma pequena incisão de cerca de quatro centímetros para retirada de parte do pulmão doente. Como será a primeira vez que será realizada no estado, no Vitória Apart Hospital, a cirurgia será transmitida ao vivo para membros da equipe médica.

Tecnicamente chamada de lobectomina pulmonar uniportal por videocirurgia, o procedimento terá a participação da cirurgiã de tórax Paula Ugalde, referência em cirurgias torácicas minimamente invasivas, coordenadora do Programa de Cirurgia Torácica Oncológica da Universidade de Laval, em Quebec, no Canadá, onde se especializou, mora e leciona, trabalhando também como cirurgiã torácica do Instituto Universitário de Cardiologia e Pneumologia de Quebec.

Para a realização do procedimento, ela terá a parceria dos cirurgiões capixabas Luziélio Filho e Rodrigo Lugão, além de demais membros da equipe técnica do Centro Cirúrgico do Vitória Apart Hospital.

Cirurgião torácico especializado em doenças do aparelho respiratório, inclusive transplantes pulmonares, e superintendente médico da Samp, Luziélio explica que serão realizados dois procedimentos por vídeo: a lobectomia pulmonar uniportal e a ressecção de tumoração mediastinal uniportal em dois pacientes.

“A primeira cirurgia trata-se da retirada do lobo pulmonar  – uma parte do pulmão – de forma minimamente invasiva, e a segunda cirurgia fará a remoção de um tumor no mediastino, espaço existente entre os dois pulmões que comporta estruturas como a traqueia, o coração, o esôfago, o timo e parte dos sistemas nervoso e linfático”, explica.

Segundo ele, na técnica de videocirurgia ou videotoracoscopia, o cirurgião faz uso de microcâmeras para visualização do órgão que vai receber o procedimento. Por isso, a cirurgia é minimamente invasiva, trazendo inúmeros benefícios para o paciente, entre eles uma recuperação mais rápida e menos dolorosa e um tempo menor de internação para cuidados pós-operatórios.

“A técnica é um grande avanço, principalmente para a realização de biópsias pulmonares, retirada de tumores, tratamento do pneumotórax, permitindo também o tratamento menos invasivo de cânceres de pulmão”, diz.

Por seu caráter inédito e sua importância para o tratamento de doenças pulmonares, incluindo o câncer de pulmão, principalmente em estágios iniciais, a cirurgia será transmitida ao vivo e on-line para o corpo clínico de cirurgiões especialistas do Vitória Apart Hospital e da Samp, que fazem parte do grupo Athena Saúde.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

Com suspeita de covid, Gandini suspende agenda de campanha em Vitória

Eleições 2020

Após denúncias de disparos em massa, 256 contas são banidas do WhatsApp

País

DOU extra traz revogação de decreto sobre PPI na saúde pública

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 9 mortes e 788 casos em 24 horas