Greve de ônibus: rodoviários ameaçam parar parte da frota na próxima quarta - ES360

Greve de ônibus: rodoviários ameaçam parar parte da frota na próxima quarta

A paralisação está relacionada com o atraso no pagamento dos funcionários da Viação Metropolitana

Ônibus Transcol
Ônibus. Foto: Chico Guedes

 

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Espírito Santo (Sindirodoviários) anunciou uma possível paralisação a partir da próxima quarta-feira (2) devido ao atraso no pagamento de salários e benefícios. O edital foi publicado nas redes sociais na noite desta sexta-feira (28).

O presidente do Sindirodoviários, José Carlos Sales Cardoso, funcionários da Viação Metropolitana não estão recebendo. “É a única empresa do Consórcio Atlântico Sul – composto também pelas empresas Praia Sol, Serramar, Vereda, Santa Paula e Serrana – que não está pagando o trabalhador. Não estão cumprindo o acordo que fizeram conosco”, relatou.

Segundo José Carlos, ficou acordado com a empresa que o pagamento seja realizado até o dia 1º de setembro. Caso contrário, ficou deliberado na assembleia, que a categoria vai aderir à greve.

O edital publicado pelo Sindirodoviários promete à população que 30% da frota do sistema continuará circulando, como manda a lei, apesar de prevista a “paralisação total ou parcial das atividades das empresas do Consórcio Atlântico Sul”.

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) disse que não vai se pronunciar a respeito do caso.

Veja o edital:

Edital de greve dos rodoviários da Grande Vitória. Reprodução/Facebook
Edital de greve dos rodoviários da Grande Vitória. Reprodução/Facebook

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

Com suspeita de covid, Gandini suspende agenda de campanha em Vitória

Eleições 2020

Após denúncias de disparos em massa, 256 contas são banidas do WhatsApp

País

DOU extra traz revogação de decreto sobre PPI na saúde pública

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 9 mortes e 788 casos em 24 horas