Greve chega ao fim e lixo acumulado deve ser coletado nos próximos dias - ES360

Greve chega ao fim e lixo acumulado deve ser coletado nos próximos dias

Em nota, Sindicato das Empresas de Limpeza Pública do Espírito Santo afirma que "não medirá esforços para regularizar os serviços, na maior brevidade possível, com qualidade e eficiência"

Greve de motoristas da limpeza urbana provoca acúmulo de lixo na Grande Vitória. Foto: Beatriz Vellasco/PMVV
Greve de motoristas da limpeza urbana provoca acúmulo de lixo na Grande Vitória. Foto: Beatriz Vellasco/PMVV

A greve dos motoristas das empresas terceirizadas responsáveis pela limpeza urbana da Grande Vitória chegou ao fim na tarde desta quarta-feira (2), mas ainda há lixo acumulado por toda a região metropolitana. A previsão, segundo as prefeituras, é que o recolhimento total ocorra nos próximos dias.

Na Serra, o serviço deve ser concluído neste sábado (5), informou a prefeitura. Já em Cariacica, o serviço deve ocorrer em até sete dias. Ambos os municípios afirmam que os cronogramas dos caminhões coletores não foram alterados.

Em Vitória, o prefeito Luciano Rezende usou as redes sociais para comentar o caso. Apesar de não informar uma data para o recolhimento do lixo acumulado, garantiu que deve ocorrer nos próximos dias. “Vamos trabalhar de manhã, de tarde, de noite e de madrugada para normalizar a limpeza da cidade o mais breve possível”.

Vila Velha também não informou um prazo para a coleta total do lixo acumulado. Mas garantiu, por meio de nota, que a empresa contratada pela prefeitura já está trabalhando para normalizar a situação.

Relembre o caso

Iniciada no último dia 12 por reajuste salarial, a greve dos motoristas das empresas terceirizadas responsáveis pela limpeza urbana da Grande Vitória chegou a ser suspensa no mesmo dia após uma reunião entre representantes do Sindirodoviários-ES (Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado), o Selures (Sindicato das Empresas de Limpeza Pública do Espírito Santo) e o Ministério Público do Trabalho. Durante o encontro, foi acordada a retomada das atividades devido às eleições que ocorreriam naquele final de semana.

Na terça-feira (24) o movimento foi retomado. No último dia 30, a desembargadora Sônia das Dores Dionísio Mendes, determinou uma multa diária de R$ 5 mil por descumprimento do acordo de manter 70% das atividades de coleta de lixo e expediu um mandado de condução pela polícia dos dirigentes do sindicato até a delegacia.

Nesta quinta-feira (3), o TST (Tribunal Superior Eleitoral) concedeu uma liminar aos rodoviários, suspendendo a decisão da desembargadora. O presidente do Sindirodoviários foi procurado, mas não retornou às ligações da reportagem.

Em nota, o Selures afirma que as empresas de limpeza pública não irão medir esforços para regularizar os serviços, na maior brevidade possível, com qualidade e eficiência.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Novo lote com 35,5 mil vacinas chega ao Espírito Santo

País

Dezenas de cidades têm carreatas pró-impeachment

Dia a dia

Fiocruz prevê ter insumos da vacina de Oxford só no dia 8

Dia a dia

Margareth Dalcomo recebe a vacina de Oxford