Grande Vitória tem aumento na média de óbitos pela covid-19 - ES360

Grande Vitória tem aumento na média de óbitos pela covid-19

A crescente da curva da Grande Vitória foi puxada pelo aumento do número de óbitos de Vitória e Vila Velha

Brasil é o 16º país entre os que menos investem . Foto: Pixabay
Coronavírus. Foto: Pixabay

A Grande Vitória teve um aumento de 30,95% na média móvel de óbitos pela covid-19 nos últimos 14 dias. O Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde, aponta que no dia 13 de outubro a região metropolitana registrava uma média de três mortes por dia. Hoje, dia 26, esse número subiu para 3,93.

> Espírito Santo tem 12 mortes pelo coronavírus em 24 horas; total chega a 3.799

A crescente da curva da Grande Vitória foi puxada pelo aumento do número de óbitos de Vitória e Vila Velha. O município canela-verde lidera o ranking das cidades com maior incidência da covid-19 com 22.080 casos e 541 vítimas. Há 14 dias Vila Velha notificava em média 0,5 óbito por dia. Hoje, dia 26, esse número subiu para 1,57.

A capital também registrou aumento nos últimos 14 dias. Vitória registrava em média 0,36 morte por dia pelo coronavírus no dia 13 de outubro. Hoje, dia 26, esse número aumentou para 1,14. A média de casos continua em queda, com uma variação de -32,29%. No mesmo período, essas notificações passaram de 114 para 77 notificações por dia.

Na Serra o cenário é de aumento nos casos confirmados. Há 14 dias o município registrava uma média de 74 infectados, hoje, o número subiu para 80. Apresentando um crescimento de 7,89%. Cariacica teve um leve aumento de 3,98%. No mesmo período a notificação de confirmados passou de 56 para 58.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Covid-19: casos de coronavírus em 24h é o maior desde julho no ES

Dia a dia

Espírito Santo tem a maior expectativa de vida do país após 60 anos

País

Pazuello reconhece “repique” da covid-19 e minimiza falta de plano de vacinação

País

Ministro da saúde se queixa de pancadaria e diz que, se cair, ‘sairá feliz’