Governo vai reavaliar serviço do Bike GV - ES360

Governo vai reavaliar serviço do Bike GV

"O foco será incentivar a mobilidade ativa e o uso da ciclovia", diz a secretaria em nota

Serviço de ônibus Bike GV. Foto: Divulgação/PMVV
Cerca de 300 passageiros utilizam o serviço diariamente. Foto: Divulgação/PMVV

O Bike GV, serviço de ônibus criado em 2013 para facilitar a travessia de ciclistas entre Vitória e Vila Velha, corre risco de não ter continuidade após a conclusão das obras de ampliação e instalação de ciclovia na Terceira Ponte, prevista para 2022. Segundo a Semobi (Secretaria de Estado de Mobilidade e Infraestrutura), a demanda pelo serviço será reavaliada após esse serviço. “O foco será incentivar a mobilidade ativa e o uso da ciclovia”, diz a secretaria em nota.

> Bilhete Único Metropolitano está em funcionamento

Hoje, o Bike GV transporta cerca de 300 passageiros por dia. Dois veículos atravessam a ponte com ciclistas e bikes, das 6h às 23h, nos dias úteis, e das 6h às 20h30, aos sábados, domingos e feriados.

O cicloativista Fernando Braga conta que, na semana passada, durante as reuniões públicas para apresentação do novo projeto da Terceira Ponte, que deve custar R$ 100 milhões, o governo falou da possibilidade do fim do serviço.

“Mas há mães com criança na cadeirinha que atravessam a ponte e trabalhadores que carregam peso no bagageiro. Uma coisa é atravessar a ponte a passeio. Outra é encaixar no dia a dia quase 4 km a mais e vencer a inclinação”.

A Semobi também afirmou que, até 2022, outra possibilidade de travessia será o aquaviário, “que já estará em operação e contará com espaço para bikes”, diz.

Mais notícias
Dinheiro

Imposto de Renda: prazo para declarar vai de março a abril

Dia a dia

Covid-19: estado tem 17 mortes e 1.447 casos em 24h

Dia a dia

Espírito Santo recebe 61 mil novas doses de vacinas

País

Bolsonaro encerra entrevista ao perguntarem sobre o filho