Governo austríaco liga atentado em Viena ao Estado Islâmico - ES360

Governo austríaco liga atentado em Viena ao Estado Islâmico

Ataque deixou quatro mortos e 14 feridos; Um dos suspeitos, morto pela polícia, tem ligações com o grupo extremista

O governo austríaco informou na manhã desta terça-feira, 3, que quatro pessoas morreram após um ataque a tiros no centro de Viena na noite da véspera. O ministro do Interior do país, Karl Nehammenr, disse que dois homens e uma mulher morreram após serem atingidos por tiros. Um dos suspeitos do ataque, que estava carregando um rifle e um falso cinturão suicida, acabou morto pela polícia.

Nehammer afirmou que investigações iniciais revelaram que o suspeito morto tem ligações com o grupo extremista Estado Islâmico. O ministro, no entanto, não revelou a identidade do homem e não deu informações sobre os demais suspeitos de participação no ataque.

O governo pediu que os habitantes de Viena permanecessem em casa nesta terça, já que a investigação do caso e a busca dos suspeitos seguiam em andamento. Além dos mortos, quinze pessoas ficaram feridas no ataque, que começou por volta das 20h da segunda-feira, 2, em bares e restaurantes nas proximidades da principal sinagoga de Viena.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

Candidatos recebem R$ 4,1 milhões para o 2º turno; veja quem mais recebeu

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 23 mortes e 1.789 casos em 24 horas

Mundo

“Cão de guarda” vence prêmio de foto de pet mais engraçada em 2020

País

Fiscal do Carrefour que aparece nos vídeos da morte de João Alberto Freitas é presa