Sinal verde para as obras da Terceira Ponte - ES360

Sinal verde para as obras da Terceira Ponte

A previsão é de que as intervenções custem R$ 127 milhões sejam concluídas até o fim de 2023

As obras de ampliação de faixas de rolamento e de construção da ciclovia da Terceira Ponte, com barreira de proteção contra o suicídio, foram autorizadas pelo Governo do Espírito Santo e devem começar no início do ano que vem. A previsão é de que as intervenções sejam concluídas até novembro de 2023 com um custo estimado de R$ 127 milhões.

O governador Renato Casagrande assinou, nesta quarta-feira, a ordem de serviço que permite o início das intervenções O planejamento do estado prevê uma etapa de projeto, que deve durar seis meses, e a execução das obras, com perspectiva de 32 meses de duração.

Na ponte que liga Vitória a Vila Velha, o Governo planeja a ampliação de duas para três faixas de rolamento em cada sentido da via. Quando anunciou as intervenções, ainda em 2019, o Governo do Estado informou que não haveria interdição do trânsito para realização das obras. Primeiro, a intervenção será concluída de um lado da ponte. Com isso, a mureta central será retirada e dará lugar a uma faixa provisória. Depois de concluídas as mudanças de um lado, as obras passam para o trecho oposto.

Com essas mudanças, uma faixa será adicionada no sentido Vila Velha e outra no sentido Vitória. As faixas da direita serão exclusivas para transporte público. Já as quatro vias restantes serão usadas por veículos particulares.

As alterações vão aumentar o fluxo de veículos na Terceira Ponte em cerca de 30%, estima o Governo do Estado. Antes da pandemia, 84 mil veículos utilizavam a via diariamente.

Além disso, haverá a construção de ciclovia dos dois lados da Terceira Ponte e um mirante será colocado com vista para o Convento da Penha e para a Baía de Vitória. As vias exclusivas para bicicletas terão 3 metros de largura. Os usuários vão precisar de um cartão para acessar essas pistas. No entanto, não haverá cobranças para os ciclistas.

Em Vitória, as ciclovias serão acessadas pela própria praça do pedágio da Terceira Ponte. No lado de Vila Velha, uma das pistas para bicicletas chegará pela Avenida São Paulo e a outra pela Rua Vinícius Torres.

Uma barreira de proteção será erguida ao longo da ciclovia em ambos os lados. A estrutura será de metal e terá 3 metros de altura. Com isso, o Governo do Estado espera impedir tentativas de suicídio na Terceira Ponte.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Inflação dos alimentos sobe 9,75% e afeta principalmente os mais pobres

Dia a dia

Consultas e cirurgias eletivas acontecem de forma gradual no ES

Dia a dia

Espírito Santo tem 18 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Eleições 2020

Pesquisa Futura: Coser, Gandini e Pazolini estão empatados em Vitória