Governo anuncia concursos e reajuste para servidores - ES360

Governo anuncia concursos e reajuste para servidores

Segundo o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, a receita do Espírito Santo deve subir 11,45%, em 2020, puxado por acordo no setor de petróleo e gás


Com uma previsão de receita 11,45% maior no ano que vem, o governo do estado garantiu que reajustará os salários dos servidores e realizará concursos públicos em 2020. O percentual de reajuste, porém, não foi anunciado e, segundo o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, pode ser definido até o primeiro trimestre do ano que vem. Já os concursos devem contemplar as secretarias de Educação, Saúde, Justiça, Segurança Pública (para as polícias), Gestão e Recursos Humanos e Prodest (Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação).

As previsões estão dentro do PLOA (Projeto da Lei Orçamentária Anual) 2020 enviado nesta segunda-feira (30) pelo governo à Assembleia Legislativa. O orçamento global previsto é de R$ 19,7 bilhões.

Confira a entrevista do secretário Álvaro Duboc, à BandNews FM Espírito Santo: 

O aumento de mais de 11% se deve, principalmente, aos recursos provenientes do acordo de unificação dos campos de petróleo e gás no Parque das Baleias – assinado neste ano, e que só no ano que vem deve render R$ 600 milhões ao estado – e à projeção de arrecadação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

A estimativa positiva também considera a previsão de retomada das atividades da Samarco no segundo semestre do ano que vem e de aumento de produção da Vale.

A respeito do reajuste para os servidores, Duboc disse que está garantido a recomposição linear, ou seja, o mesmo para todas as categorias.

“Nesse momento estamos tratando do reajuste linear para todos os servidores. Quaisquer discussões setoriais serão debatidas no próximo ano, dentro do governo, de forma transparente, para que a sociedade tenha conhecimento”, afirmou.

A estimativa de vagas para os concursos também não foi divulgada. Duboc explicou que o objetivo das novas seleções será garantir a reposição de efetivos que se aposentaram nos últimos anos.

Orçamentos maiores

Os gastos com pessoal e encargos sociais devem crescer 6,9%, chegando a R$ 9,2 bilhões em 2020, e não serão só impactados pelos reajuste.

A previsão de investimentos com recursos próprios é 88% maior que a deste ano, saindo de R$ 381 milhões para R$ 720 milhões, em 2020. Considerando outras fontes de recursos, como operações de crédito, os investimentos devem chegar a R$ 1,6 bilhão, 26% a mais que neste ano.

As secretarias com os maiores orçamentos são: Saúde (R$ 2,7 bilhões), Segurança Pública (R$ 2,4 bilhões), Educação (R$ 2,3 bilhões) e Infraestrutura (R$ 1,4 bilhão). Para os demais poderes, o PLOA prevê quase R$ 2 bilhões (aumento de 5%), sendo R$ 1,1 bilhão para o Judiciário.

‘Hospital São Lucas’ deve ser concluído em 2020

Hospital Estadual de Urgência e Emergência vai ganhar um novo pronto-socorro e heliponto. Foto: Chico Guedes
Hospital Estadual de Urgência e Emergência vai ganhar um novo pronto-socorro e heliponto. Foto: Chico Guedes

Entre os investimentos previstos no orçamento do ano que vem estão a conclusão do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (antigo São Lucas), a construção do Hospital Geral de Cariacica, além de obras de infraestrutura urbana como o aquaviário, o portal do príncipe e a ampliação da Terceira Ponte.

Para a conclusão do Cais das Artes, porém, estão previstos somente cerca de R$ 2 milhões. O secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, explicou que, como a continuidade da obra ainda depende da homologação de um acordo na Justiça, o recurso previsto é pequeno, mas ele garante que, se a questão for resolvida, o recurso será suplementado. O investimento estimado para finalização do projeto é de R$ 70 milhões.

Na saúde, o governo espera entregar quase 100 novos leitos no ano que vem, sendo 65 com a conclusão das obras do antigo São Lucas, em Vitória, e 33 na conclusão da reforma da Maternidade de São Mateus. O antigo São Lucas vai ganhar, ainda, um novo pronto-socorro e heliponto.

Na área da educação, está prevista a reconstrução de nove escolas e a ampliação e reforma de outras 23 unidades.

Já na segurança, os investimentos vão de construção de delegacias no interior à implantação de um cerco inteligente de segurança, além de investimentos no programa Estado Presente.

Confira alguns investimentos previstos por área:

Saúde

– Conclusão do Hospital Estadual de Urgência e Emergência (antigo São Lucas): R$ 6,9 milhões.
– Construção do Hospital Geral de Cariacica (já iniciada): R$ 12,6 milhões.
– Construção do novo Hospital Roberto Silvares, em São Mateus: R$ 13 milhões.
– Modernização da rede elétrica: R$ 5 milhões.
– Reforma e ampliação de hospitais: valor não informado.

Mobilidade urbana

– Ampliação e criação de ciclofaixa na Terceira Ponte; construção do Portal do Príncipe; construção do trevo de Carapina, na Serra: valores não informados.
– Aquaviário: R$ 2 milhões.

Segurança

– Estado Presente (continuidade); implantação do cerco inteligente de segurança; construção de delegacia regional em Cachoeiro de Itapemirim e em Aracruz: valores não informados.

Educação

– Construção de duas escolas, reconstrução de outras 9 e reforma de 23.

Mais notícias
Dinheiro

Taxa de desemprego de 2020 é a maior desde 2012

Dia a dia

Barragem em Brumadinho rompeu por perfuração da Vale

Bem-estar

Ocupação de UTIs chega ao pior nível da pandemia

País

Agência Espacial Brasileira lançará satélite no domingo