Governador do Rio modifica regras de gratificação a policiais - ES360

Governador do Rio modifica regras de gratificação a policiais

Decreto foi publicado após a morte da menina Ágatha Félix, de 8 anos, durante uma operação policial no Complexo do Alemão

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, publicou hoje (24) um decreto que modifica as regras para concessão de gratificação a policiais por redução de indicadores de criminalidade no Rio de Janeiro. O novo decreto deixa de considerar a redução dos homicídios decorrentes de intervenção policial como uma meta estratégica para a concessão da gratificação.

O decreto mantém apenas os homicídios dolosos, latrocínios (roubos seguidos de morte) e lesões corporais seguidas de morte entre as metas de redução de letalidade violenta.

Com a mudança no texto, não há mais a necessidade de se reduzir as mortes provocadas pela polícia para que a gratificação seja recebida.

O novo decreto foi publicado menos de uma semana depois da morte da menina Ágatha Félix, de 8 anos, durante uma operação policial no Complexo do Alemão, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, na última sexta-feira (24). A Polícia Civil investiga se o tiro foi disparado por policiais militares e se havia confronto no momento do disparo.

> PMs envolvidos em ação que matou Ágatha serão ouvidos

Além de retirar os homicídios decorrentes de intervenção policial do texto, o novo decreto inclui a redução do roubo de cargas como meta, ao lado dos roubos de veículos e roubos de rua.

Agência Brasil

Mais notícias
Dia a dia

Síndrome respiratória grave tende a aumentar no ES

Dia a dia

Instituto emite alerta de chuva forte no Espírito Santo

Dinheiro

Senado quer ouvir Cade sobre suposto cartel de combustíveis

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência