Força-tarefa vai vistoriar casas na área de enchentes - ES360

Força-tarefa vai vistoriar casas na área de enchentes

A partir de hoje, grupo composto por 20 engenheiros civis participa da ação. A medida será iniciada pela cidade de Iconha

A partir desta sexta-feira (31), uma força-tarefa formada pela Defesa Civil Estadual e engenheiros voluntários vai percorrer os municípios afetados pelas chuvas para avaliar as condições de imóveis que possam estar em risco. A ação terá início em Iconha. O atendimento às demais cidades ainda será definido. Segundo o Crea-ES (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia), cerca de 20 engenheiros participam da ação.

Durante as vistorias, as equipes vão identificar problemas estruturais, podendo interditar o local. O tenente-coronel Carlos Wagner, do Corpo de Bombeiros, explica que muitas pessoas estão inseguras de retornar para casa.

Na última quarta-feira (29), um prédio de quatro andares em Iconha precisou ser demolido.

Sobe número de mortos

Nessa quinta (30), o corpo de uma jovem de 19 anos que estava desaparecida desde o último sábado foi encontrado em Itapemirim. Ela foi arrastada pela correnteza em Cachoeiro de Itapemirim. A jovem é a 10ª vítima das enchentes. Ao todo, 15.343 pessoas continuam fora de casa.

O presidente Jair Bolsonaro assinou medida provisória que libera R$ 892 milhões para ações de recuperação no Espírito Santo, Minas e Rio de Janeiro. O governador Renato Casagrande (PSB) comemorou pelo Twitter e disse que o relatório do estado já aponta a necessidade de mais de R$ 500 milhões. Vinte e duas cidades tiveram situação de emergência ou calamidade decretadas.

Na segunda, Casagrande irá apresentar ao ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, as demandas do estado e, na quarta-feira, ao ministro da Economia, Paulo Guedes.

Vacina contra hepatite A nas cidades

Moradores das cidades atingidas pelas chuvas que tiveram contato com a água das enchentes e que não sejam imunizados contra hepatite A devem se vacinar contra a doença. Em parceria com o estado, os municípios estão fazer ações especiais voltadas para crianças com mais de 7 anos e adultos.

A hepatite A é transmitida pela ingestão de água e alimentos contaminados. Para se vacinar, é preciso levar o cartão de vacinação. Quem não tiver o cartão ou não puder comprovar que já tomou a vacina, também pode receber a dose. O calendário nacional de vacinação prevê a aplicação da dose aos 15 meses de idade.

Saiba onde se vacinar em alguns municípios:

Cachoeiro de Itapemirim

Quando: O atendimento tem início hoje no distrito de Pacotuba, das 7h às 16h, na unidade básica de saúde do distrito. Na próxima semana, serão atendidos os moradores dos distritos de Coutinho e Conduru e das localidades de Monte Verde e Cachoeira Alta, no distrito de São Vicente, nas unidades de saúde ou pontos de apoio. Os demais bairros terão as datas divulgadas nos próximos dias.

Iconha

Quando: até esta sexta-feira (31)
Onde: Nas unidades de Tocaia, Duas Barras e nos distritos de Ilha do Coco (Igreja Católica São Cristóvão), Bom Destino (Igreja Católica Santo Inácio de Loyola) e no Centro da cidade (ADEFAI e Centro Comercial, próximo à Lotérica), das 8h às 16h.

Vargem alta

Quando: Na primeira semana de fevereiro, nas unidades de saúde.
Onde: A orientação da prefeitura é procurar a unidade mais próxima e se informar sobre quando será feita a vacinação na comunidade.

Castelo

Quando: Sábado (1º), das 8h às 16h.
Onde: Na Unidade Sanitária Solange Campanha, na escola Madalena Pisa e na Unidade de Saúde de Aracuí.

Alfredo Chaves

Quando: A ação já teve início.
Onde: Unidade de Saúde do bairro Parque Residencial Cajá, das 7h às 16h.

Mais notícias
Dia a dia

Motoristas de aplicativo protestam em Vitória

Dinheiro

Gás de cozinha será vendido por R$ 40 em Vitória

Dia a dia

Confira a programação de carnaval de Alfredo Chaves

Bem-estar

Sinal verde para o bloco da saúde