Força Nacional permanecerá em Cariacica até agosto - ES360

Força Nacional permanecerá em Cariacica até agosto

Os agentes atuariam no município até julho. Porém, o Ministério da Justiça decidiu estender a atuação no Espírito Santo e em outros quatro estados

O emprego da Força Nacional em Cariacica será prorrogado até o dia 15 de agosto. A medida foi publicada no Diário oficial da União desta segunda-feira (17) pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Em sua última determinação, o órgão estabelecia que os agentes permaneceriam no município até o dia 2 de julho. Além do município capixaba, serão contemplados também Ananindeua (PA), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR).

As cidades foram escolhidas pelo governo Federal para receber o programa “Em Frente, Brasil”, projeto piloto de enfrentamento à criminalidade violenta. As operações, iniciadas em agosto de 2019, contam com o apoio logístico dos estados e municípios envolvidos, responsáveis por dispor a infraestrutura necessária à Força Nacional de Segurança Pública.

Em Frente, Brasil

As forças-tarefas contam com a participação de policiais federais, rodoviários federais, militares, civis, bombeiros, guardas municipais, agentes penitenciários, agentes federais de execução penal, Força Nacional de Segurança Pública e demais agentes de segurança estaduais e municipais.

Do seu início, no dia 30 de agosto, até 7 de dezembro a integração entre as forças resultou na queda de 43,5% nos homicídios em Ananindeua (PA), Cariacica (ES), Goiânia (GO), Paulista (PE) e São José dos Pinhais (PR). O número de roubos nessas cinco cidades caiu 28,7%.

Nos três primeiros meses de atuação da Força Nacional em Cariacica, o município registrou uma redução de 9,5% nos homicídios. Essa foi a menor queda entre os cinco municípios atendidos pelo governo Federal.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Casagrande rebate Bolsonaro e diz que repasse é de 2,2 bi

Dia a dia

ES receberá 15 pacientes transferidos de Santa Catarina

País

Secretários de Saúde defendem toque de recolher nacional

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência