Fluxo nas cabines automáticas da Terceira Ponte sobe 11,8% - ES360

Fluxo nas cabines automáticas da Terceira Ponte sobe 11,8%

A alta foi registrada pela RodoSol, concessionária responsável pela via, entre os dias 1° e 25 de janeiro deste ano com o mesmo período de 2020

Acostumados com a fluidez do trânsito, usuários do sistema de cobrança automático da Terceira Ponte, em Vitória, passaram a compartilhar das filas e congestionamentos, comuns no passado apenas às cabines de pagamento em dinheiro. O cenário ocorre menos de dois meses desde a expansão do serviço. Até as 23h59 do dia 5 de dezembro de 2020, apenas a Via Expressa, sistema de cobrança automático da Rodosol, estava autorizada a executar o pagamento digital. Hoje, o serviço é oferecido também pelas empresas Sem Parar, Green Pass, ConectCar, Veloe e Move Mais, aumentando o fluxo nas cabines em 11,8% em janeiro deste ano, se comparado ao mesmo período de 2020.

Mas as facilidades não ficam por aí. Se antes o motorista era obrigado a parar sobre a ponte para adquirir uma TAG (chip instalado no pára-brisa do carro que permite a passagem expressa), agora ele pode solicitar a tecnologia a qualquer momento pela internet ou comprá-la em estabelecimentos comerciais espalhados pela Grande Vitória.

De acordo com a RodoSol, dos cerca de 60 mil contratos de motoristas que utilizavam a Via Expressa, 5.513 foram cancelados. Para a empresa, o contrato só é considerado cancelado quando o processo de distrato é concluído (o formulário é preenchido no site viaexpressasemparar.com.br e a tag devolvida na loja Via Expressa ou em uma das lojas do Sem Parar). Portanto, não fica claro se todos esses usuários migraram para outras plataformas de pagamento, se deixaram de utilizar o sistema ou se contrataram uma das outras empresas sem realizar o distrato com a concessionária.

Fato é que o número de veículos que passaram pelas cabines automatizadas entre entre 1° e 25 de janeiro de 2020 subiu de 360.886 para 403.574 no mesmo período deste ano. Procuradas, a Sem Parar e a ConectCar não informaram a quantidade de usuários cadastrados.

Em nota, a RodoSol afirma que não há registros significativos e/ou recorrentes de mudanças no tempo de passagem das cabines automáticas. E que eventuais filas podem estar relacionadas a situações como disponibilidade de créditos dos usuários, ativação de TAGs, motoristas sem TAGs ou contratos de usuários que já migraram para outras operadoras e não estão mais sob gestão da RodoSol. Mesmo assim, a concessionária ressalta que a estrutura existente das pistas automáticas é capaz de atender inclusive a aumentos de demanda mais expressivos.

Por fim, a empresa destaca que situações específicas de cada operadora devem ser tratadas com as mesmas e que é importante o usuário manter atualizadas suas informações de pagamento, como a validade de cartões, procedimentos de ativação e prazos estabelecidos por cada empresa entre o momento de ativação e o uso, para evitar transtornos.

Fluxo em dezembro foi superior ao de janeiro

Apesar da alta apontada pela RodoSol neste mês de janeiro, o número de veículos que passaram pelas cabines automáticas do pedágio foram ainda maiores no último trimestre de 2020. Os dados nos meses de outubro, novembro e dezembro são de, respectivamente, 441.174, 438.854 e 405.673.

Saiba mais sobre a mudança do sistema

Até quando consigo usar meu tag Via Expressa e quando devo fazer a adesão à outra empresa?
Você conseguirá passar nos pedágios do Sistema da Rodosol até julho de 2021, mas o ideal é não deixar a mudança para a última hora. Você já deve escolher a empresa de sua preferência. A Rodosol firmou parceria com o Sem Parar para garantir ao cliente Via Expressa um plano sem cobrança adicional de TAG e taxa de administração para quem usar exclusivamente os dois pedágios do sistema Rodovia do Sol. Em caso de utilização em outro serviço, será cobrada a taxa mensal prevista nos demais planos oferecidos pela empresa.

Se eu já sou cliente de uma das empresas que operam no Sistema Rodovia do Sol e tenho o TAG, o que devo fazer?
Não é preciso fazer nada. Seu TAG será aceito nas praças de pedágio da Terceira Ponte e da Rodovia do Sol.

Há risco de dupla cobrança (Via Expressa e outra empresa)?
Não há risco. No momento em que você passar com o tag de uma outra empresa, o tag Via Expressa será bloqueado. O ideal, depois disso, é você fazer o distrato com a Via Expressa.

O que devo fazer com o TAG Via Expressa? 
O TAG Via Expressa foi cedido ao usuário em sistema de comodato. Você deve entrar no site www.viexpressasemparar.com.br e preencher seu formulário de distrato com a Rodosol. Após o início do processo, será orientado a deixar o TAG na loja da Via Expressa da praça de pedágio ou um ponto de vendas do Sem Parar (mesmo que você opte por outra empresa). Com a baixa, você poderá requerer créditos que eventualmente tenha com a Rodosol: o valor será devolvido em sua conta bancária, conforme solicitação.

O usuário Via Expressa está sendo automaticamente transferido para o Sem Parar?
Não. O Sem Parar entrou em contato via telefone ou por carta, convidando o cliente Via Expressa a aderir a um de seus planos. É preciso dar o aceite e contratar o plano entre as cinco empresas habilitadas. Sobre o tag enviado pelo Sem Parar, será preciso fazer contato com a empresa para ativá-lo dentro da sua opção de plano. Vale ressaltar que dados bancários não são solicitados via telefone. Isso vale inclusive para quem recebeu do Sem Parar uma carta com o TAG já anexo. Esteja atento.

Como vou receber o novo TAG?
Isso depende da empresa que você escolher contratar. Em geral, o TAG é uma espécie de adesivo e as empresas vão enviá-lo ao seu endereço a partir da adesão.

Haverá aumento de cabines de cobrança automática?
Hoje existem três pistas automáticas que detectam os TAGs. Além delas, a Rodosol possui também pistas mistas que poderão ser utilizadas como automáticas. O monitoramento do sistema é feito diariamente. Havendo demanda, o serviço poderá ser ampliado para garantir maior vazão de veículos.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Enquanto Brasil vive expansão da pandemia, ES registra queda de casos

Dinheiro

PIB tem 3ª maior queda da história e recua 4,1% em 2020

País

Bolsa Permanência do Prouni será paga a partir desta quarta

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência