Fluminense vende ingressos virtuais para reprise do título brasileiro - ES360

Fluminense vende ingressos virtuais para reprise do título brasileiro

Diretoria usará arrecadação para o pagamento de funcionários do clube

Empate complica o Fluminense que não consegue desgrudar do Z-4. Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Fluminense. Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

 

Depois da reprise das conquistas do Flamengo e do Vasco na Copa Libertadroes, chegou a vez de a torcida do Tricolor carioca recordar um grande momento do clube. Neste domingo (31), a TV Globo vai exibir a partida entre Palmeiras e Fluminense, válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro de 2012, que confirmou o título do Flu, com três rodadas de antecedência.

A diretoria tricolor aproveitou o momento e iniciou a venda de ingressos virtuais para os torcedores. Os bilhetes custam R$ 4 para sócios, que podem fazer check-in normalmente pelo Portal do Sócio. Já os não-sócios pagam R$ 9 nesta página específica no site do clube. .

Quem comprar a entrada virtual ganha um ingresso digital, um pôster e a versão digital do livro “Fluminense Tetracampeão – O livro oficial da conquista”. Cada torcedor pode comprar quantos bilhetes quiser. O Fluminense vai aproveitar a arrecadação para o pagamento de salários dos funcionários que recebem até R$ 4.180, e também para arcar os custos da adaptação das instalações do clube aos protocolos de prevenção ao novo coronavírus.

O Fluminense levantou a taça de Campeão Brasileiro de 2012 na 35ª rodada, após derrotar o Palmeiras por 3 a 2 em Presidente Prudente (SP). O empate entre Vasco e Atlético-MG tirou todas as possibilidades de o Galo passar o Tricolor faltando três partidas para o fim da competição. Fred marcou o gol da vitória carioca aos 43 minutos do segundo tempo, dando o título ao Flu e deixando o Palmeiras cada vez mais perto do rebaixamento, confirmado no fim do Brasileirão.

O Fluminense, na época comandado pelo técnico Abel Braga, jogou com Diego Cavalieri, Bruno (Diguinho), Gum, Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean e Thiago Neves; Wellington Nem (Marcos Júnior), Rafael Sóbis (Valencia) e Fred.

Agência Brasil


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Aeroporto de Vitória voltará a ter voos para Congonhas em novembro

Política

‘Quando o chefe decide, o subordinado cumpre’, diz Bolsonaro sobre Pazuello

Dia a dia

Turismo do Espírito Santo teve queda de 60% no início da pandemia

Cult

Masterchef Erick Jacquin é diagnosticado com covid-19