Flexibilização de medidas contra a pandemia aquece a economia capixaba - ES360

Flexibilização de medidas contra a pandemia aquece a economia capixaba

Segundo Indicador de Atividade Econômica da Findes, o estado registrou alta de 9,5% no terceiro trimestre de 2020 em relação ao período anterior

A flexibilização das medidas de combate à pandemia da Covid-19 foi responsável por aquecer a economia capixaba no terceiro trimestre de 2020. De acordo com dados do Indicador de Atividade Econômica da Findes (Federação das Indústrias do Espírito Santo), o setor cresceu 9,5% se comparado ao trimestre anterior.

Segundo a Findes, o resultado tirou o estado da recessão técnica observada após dois trimestres consecutivos de retração. “Todas as atividades econômicas do Espírito Santo contribuíram positivamente para o bom resultado do 3º do trimestre, com destaque para a expansão de 19,1% da indústria. Já o setor de serviços cresceu 7,9% e o setor agropecuário apresentou desempenho estável de 0,1%”, informou a Federação das Indústrias em seu site.

Já em relação ao mesmo trimestre do ano passado o resultado foi negativo. Na comparação, a economia capixaba teve queda de 4,3%, com retração de todos os grandes setores da economia – indústria, serviços e agropecuária. O único destaque positivo ficou por conta da indústria de transformação que cresceu 2,2%.

O Indicador de Atividade Econômica da Findes

O Indicador de Atividade Econômica do Espírito Santo é uma estimativa trimestral, com abertura setorial, da evolução do PIB (Produto Interno Bruto) capixaba. Por meio dele, a Federação busca reproduzir os cálculos sobre a atividade econômica do estado a partir das metodologias do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para o PIB oficial.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Vacinas vindas da Índia serão enviadas a Estados a partir de sábado

Dia a dia

Sesa encaminha nova remessa de vacinas contra a covid-19 para municípios

Mundo

Argentina produz vacina de Oxford, mas contrato impede venda de doses para o Brasil

País

Covid levou quase 40 mil trabalhadores formais a pedir auxílio-doença em 2020