Flamengo renova com Bruno Henrique até 2023 - ES360

Flamengo renova com Bruno Henrique até 2023

Apesar da permanência do atacante, o clube rubro-negro abriu mão do zagueiro Pablo Marí, que será transferido para o Arsenal, da Inglaterra

O Flamengo anunciou nesta quarta-feira a renovação do contrato de um dos destaques do time campeão brasileiro e da Copa Libertadores e a saída de um dos titulares nessas vitoriosas campanhas. São os casos do atacante Bruno Henrique, que teve o seu vínculo ampliado, e do zagueiro Pablo Marí, que vai se transferir para o Arsenal.

> Gabriel anuncia acordo para permanecer no Flamengo

Contratado pelo Flamengo em 2019 junto ao Santos, Bruno Henrique agora teve seu acordo com o clube carioca ampliado até 2023, como declarou em vídeo divulgado pela equipe nas redes sociais. “Nação, é com imenso prazer que venho anunciar minha renovação de contrato com o Flamengo até 2023”, afirmou, declarando que se sentia em “outro patamar” pelo acerto.

A renovação do contrato com Bruno Henrique se dá após uma excelente temporada do atacante. Em 2019, se destacou nas conquistas dos títulos pelo time, tendo marcado 35 gols em 63 jogos. Além disso, foi eleito o melhor jogador da Copa Libertadores e o segundo do Mundial de Clubes.

Também nesta quarta, ao publicar um vídeo de despedida de Marí, o Flamengo não chegou a oficializar o destino do jogador. Mas o zagueiro espanhol vinha negociando com o Arsenal, em uma negociação que teve algumas reviravoltas. E com a iminente saída do jogador, agora oficializada, havia confirmado a contratação de Léo Pereira junto ao Athletico Paranaense no fim da noite de terça-feira.

“Chegou a hora de nos despedirmos desse zagueiro que chegou ao Flamengo para deixar a sua marca na nossa história com os títulos da Conmebol Libertadores e do Campeonato Brasileiro. Pablo Marí, obrigado por tudo”, diz a mensagem publicada pelo clube em seu perfil no Twitter.

Destino de Marí, o Arsenal buscava um zagueiro no mercado por causa da lesão de Mustafi. O espanhol esteve em Londres na ultima semana para a realização de exames médicos, mas retornou ao Rio com o impasse nas negociações. E agora está de volta para a Inglaterra, onde esteve no Manchester City, embora sem nunca ter atuado.

Estadão Conteúdo

Mais notícias
Dia a dia

Vitória abre novas vagas para agendamento da 2ª dose da vacina

Dia a dia

Mais de 67 mil raios atingem o ES; descarga faz vítima fatal em Pancas

Dia a dia

Vale a pena motorista de app ser MEI? Entenda

Dia a dia

Fecomércio-ES emite nota de repúdio sobre a greve dos rodoviários