Findeslab vai premiar projetos de inovação com até R$ 5 mi - ES360

Findeslab vai premiar projetos de inovação com até R$ 5 mi

Serão propostos desafios para que startups ou spin-offs de base tecnológica possam propor algumas soluções inovadoras para grandes empresas

Findeslab
O Findeslab fica na Reta da Penha, em Vitória. Foto: Letícia Freire/TV Capixaba

O Findeslab, hub de inovação da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), vai destinar R$ 5 milhões para o desenvolvimento de projetos de inovação para empresas parceiras no Espírito Santo. O montante é destinado para o segundo ciclo do Programa de Empreendedorismo Industrial que será lançado nesta quinta-feira (03), às 18h, no canal do YouTube do Findeslab.

Ao todo, serão 16 desafios propostos por oito empresas parceiras para que startups ou spin-offs (empresas que nasceram dentro de outras empresas) de base tecnológica possam propor algumas soluções inovadoras. Os projetos selecionados passam pela consultoria do Findeslab, tendo acesso à expertise, tecnologia e investimentos necessários para criar um produto inovador viável em um ambiente de alta densidade.

Entre as empresas parcerias do projeto estão a ArcelorMittal, Fortlev, Unimed e Vale, além da EDP Brasil, Real Café, Samarco e Suzano. Os desafios serão propostos por elas no evento de lançamento do programa. É preciso fazer inscrição no site Sympla para participar.

A realização do programa é apoiada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes).

Como funciona

As grandes empresas propõem os desafios, que são divulgados em edital pelo Findeslab. As startups, então, submetem suas propostas de solução para esses problemas. Os projetos são selecionados com base na sua competência tecnológica, e os planos de projeto são elaborados. Depois, ocorre a execução colaborativa do projeto.

Cada projeto selecionado receberá até R$ 200 mil em recursos financeiros, aportados pelas empresas parceiras, para serem desenvolvidos. Durante um ano, elas terão acesso a rede de mentores e especialistas para apoio ao desenvolvimento do projeto, além de acesso ao coworking e apoio dos laboratórios do Findeslab. O Instituto Senai de Tecnologia (IST) em Eficiência Operacional também será um ponto de apoio para concepção e desenvolvimento de protótipos.

Nova edição

Há quase um ano, o Findeslab iniciou sua primeira chamada para o Programa de Empreendedorismo Industrial, em 2019. Os desafios se tornaram projetos incríveis que hoje estão sendo desenvolvidos pelas startups em conjunto com as nossas empresas parceiras.

O primeiro edital contou com 14 desafios propostos por oito grandes empresas. As parceiras que apostaram na inovação foram ArcelorMittal, Companhia de Desenvolvimento, Turismo e Inovação de Vitória (CDTIV) da Prefeitura Municipal de Vitória (PMV), Fortlev, ISH, Shell, Soma Urbanismo, Unimed e Vale.

Ao todo, foram quase 200 empresas inscritas. Os projetos foram enviados por empreendedores de sete estados brasileiros: além do Espírito Santo, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo. No estado, os projetos foram enviadas por startups sediadas nas cidades de Vitória, Vila Velha, Colatina, Guarapari, São Mateus e Serra.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

PCC movimentou R$ 1,2 bilhão com tráfico de drogas

Dia a dia

Número de alunos em graduações a distância no Brasil salta 378% em 10 anos

Dia a dia

Mourão sobre desmatamento: “Precisamos apresentar melhores resultados”

País

Tribunal aceita denúncia e afasta governador de Santa Catarina