Fim de semana tem cinema gratuito em casa e chegada do Disney+ - ES360

Fim de semana tem cinema gratuito em casa e chegada do Disney+

O serviço da Disney estreou no país na última terça-feira com assinatura a partir de R$23,32 mensais; Já a plataforma Netmovies oferece clássicos gratuitos pelo Youtube

Serviço de streaming Disney+ (Reprodução: Disney)
(Reprodução: Disney)

Com pouco mais de 1 ano de espera após seu lançamento nos Estados Unidos, o Disney+ finalmente desembarcou no país nesta última terça-feira (17). Com um extenso catálogo de produções da Disney, o serviço de streaming de filmes e séries já é vendido com assinatura mensal de R$ 27,90. O preço acaba sendo o principal diferencial perto de serviços como o Netflix, que pode chegar à R$45,90 no plano Premium.

O catálogo inclui filmes, séries e animações clássicas do estúdio, e também produções inéditas de franquias como Marvel, Star Wars, Pixar e National Geopraphic. O conteúdo pode ser acessado pelas smart TVs, apps para celulares, videogames e computador, direto no navegador.

A nova plataforma, que concorre diretamente com o Netflix e o Prime Video, oferece além da assinatura mensal, um plano anual de R$ 279,90, o equivalente a R$ 23,32 por mês. No Brasil, para fugir da concorrência direta da gigante americana, o grupo Globosat firmou parceria com o estúdio e oferece o serviço de streaming Globoplay em conjunto com o Disney+, permitindo acesso através do mesmo login. O plano Globoplay básico com Disney+ tem valor mensal de R$ 43,90.

Outro ponto interessante é a possibilidade de participar de salas virtuais com os amigos através de um smartphone, e por meio dele assistir o mesmo conteúdo de forma sincronizada. De acordo com informações divulgadas pela companhia, são mais de 500 filmes e 7 mil episódios de programas de TV já no lançamento.

A exclusividade de conteúdo também acabou sendo marca registrada do serviço: os brasileiros se depararam nos últimos meses com a exclusão do conteúdo da americana Disney nas páginas da concorrência. Isso porque se encerrou o acordo feito entre o estúdio do Mickey e serviços de streaming que já atuavam no país, como o Prime Video, que perdeu 58 títulos, incluindo Frozen e toda a seleção de filmes da franquia Star Wars.

Filmes gratuitos e clássicos

Na contramão das gigantes de serviço de streamings e sem avacalhar a concorrência, a Netmovies oferece desde o início de novembro um catálogo vasto de 2.500 títulos de produções nacionais e internacionais de forma completamente gratuita.

O serviço, que antes era pago, abriga desde clássicos do aclamado diretor Clint Eastwood até filmes surrealistas do americano David Lynch. A plataforma reserva espaço ainda para produções brasileiras como o ‘Especial Zé do Caixão’, que disponibiliza 10 obras do diretor, falecido em fevereiro deste ano.

Além do acesso pelo próprio site, a produtora oferece o catálogo na íntegra em seu canal do Youtube, facilitando o acesso em qualquer dispositivo móvel e smart TV.

Confira os destaques em cartaz

 

The Mandalorian (Disney+)

A série de gênero western espacial da franquia Star Wars vem causando buzz mundo à fora desde seu lançamento em 2019, chegando a aparecer em diversas premiações do mundo da televisão. A história acontece alguns anos após os eventos do filme O Retorno de Jedi  e segue um caçador de recompensas mandaloriano além dos limites da Nova República.

Black Is King (Disney+)

O filme musical, que também é álbum visual, foi dirigido e escrito pela aclamada Beyoncé Knowles e integra a coleção “Comemore as histórias negras” do serviço da Disney. O filme serve como um um complemento visual do disco The Lion King: The Gift, um álbum de ligação com curadoria de Beyoncé para o remake de 2019 do filme O Rei Leão.

Seleção Mazzaropi (Netmovies)

O serviço gratuito da Netmovies integrou em seu catálogo uma seleção de filmes com o comediante Amácio Mazzaropi. Considerado um dos maiores cômicos do cinema brasileiro, o ator é celebrado numa coletânea de 13 filmes disponíveis no site e no canal do Youtube do serviço, de forma inteiramente gratuita.

Uma mulher sob influência (Netmovies)

Considerado uma obra cult do cinema independente americano, o filme premiado do diretor John Cassavetes, explora a relação entre os papéis de gênero em uma família de classe operária americana da década de 70. Fragilizada mental e emocionalmente, Mabel, demonstra sinais de descontrole e o marido Nick pensa em interná-la em um manicômio.

Hiroshima, Meu Amor (Netmovies)

Um clássico da nova onda francesa, o filme franco-japonês é dirigido por Alain Resnais, um dos mais importantes cineastas da história. A obra tem roteiro da aclamada dramaturga e poetisa Marguerite Duras. O filme mostra a vida de uma atriz em seu último dia na cidade de Hiroshima, quando ela termina um trabalho e um grande relacionamento. Explorando de forma poética reflexões sobre a memória e psicologia, o drama mergulha no comportamento dos personagens vivendo em um mundo sem perspectiva e com os traumas que os afligem.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Pandemia trava emprego para trabalhadores com mais de 50 anos em todo país

Dia a dia

Segurança Pública no Brasil terá US$ 1,2 bilhão do BID; Espírito Santo vai mapear presos

Mundo

Vacina de Oxford contra covid-19 tem eficácia média de 70% e pode alcançar até 90%

Dia a dia

Espírito Santo tem alerta de chuva volumosa nesta segunda