Festas em vias públicas e pontos de aglomeração serão alvos das polícias - ES360

Festas em vias públicas e pontos de aglomeração serão alvos das polícias

A Operação Carnaval 2021 unificada e integrada vai ter um reforço do policiamento ostensivo por parte da Polícia Militar, prevenção e fiscalização do Corpo de Bombeiros e ações da PC

Agentes municipais, com o apoio da Polícia Militar, fiscalizam a entrada da cidade. Foto: Foto: Prefeitura de Guarapari
Agentes municipais, com o apoio da Polícia Militar, fiscalizam a entrada da cidade. Foto: Foto: Prefeitura de Guarapari

Para aumentar a segurança e evitar aglomerações no Espírito Santo durante o carnaval, a Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesp) vai dar início à Operação Carnaval 2021, com reforço de policiais e bombeiros. Essas ações vão acontecer, principalmente, em locais com histórico de aglomeração nos carnavais. O objetivo é evitar festas em vias públicas e pontos de aglomerações que possam disseminar o coronavírus.

A Operação Carnaval 2021 unificada e integrada vai ter um reforço do policiamento ostensivo por parte da Polícia Militar, prevenção e fiscalização do Corpo de Bombeiros e ações da Polícia Civil. O efetivo diário contará com 1.620 policiais militares, 550 viaturas, 155 policiais civis e 184 militares dos bombeiros. Também terá a participação de agentes municipais.

Equipes de fiscalização das prefeituras, Corpo de Bombeiros e Vigilâncias Sanitárias vão orientar os comerciantes sobre os horários de funcionamento de bares e restaurantes. Em caso de reincidência, serão tomadas as medidas cabíveis. A Operação de Carnaval vai começar às 12 horas, no período da tarde, e às 20 horas, no período noturno. A ideia é que seja um período que antecede aos horários de aglomeração para prevenir e coibir as festas em vias públicas.

“A inteligência da Polícia Civil já fez um levantamento dos possíveis pontos de aglomerações e fará de forma preventiva uma locação de recursos policiais nesses locais afim de evitar aglomerações”, disse o comandante da Polícia Militar, coronel Douglas Caus.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Esportes

Para Colômbia, é ‘improvável’ receber voo da Seleção Brasileira

Política

Cartório 'censura' escritura da mansão de Flávio Bolsonaro

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória

País

Maioria dos bares respeita restrição no Rio