Exposição de arte retrata a vida marinha da Ilha das Caieiras - ES360

Exposição de arte retrata a vida marinha da Ilha das Caieiras

Por meio da ciência e pintura, o artista Igor Maia apresenta aos visitantes desenhos de peixes, moluscos e crustáceos da cidade

Igor Maia visitou e conheceu a Ilha das Caieiras por três meses. Foto: Luara Monteiro/Divulgação
Igor Maia visitou e conheceu a Ilha das Caieiras por três meses. Foto: Luara Monteiro/Divulgação

De uns anos para cá, a vida marinha da Ilha das Caieiras, em Vitória, instigou o artista Igor Maia para as relações que mantemos com algumas espécies de peixes, moluscos e crustáceos da cidade. Afinal, seja por motivos econômicos, culturais ou científicos, a fauna é, sem dúvidas, um dos cartões-postais do nossos estado.

Em sua primeira exposição individual, cujo nome é “Da Ilha”, o artista traz desenhos das espécies mais importantes para a subsistência do bairro – essencialmente de origem pesqueira. Dentre os animais, em sua maioria, há camarões, robalos e siris.

Para conseguir retratar esses vínculos, Maia visitou a Ilha das Caieiras por cerca de três meses. Lá, conversou com pescadores, desfiadores e trabalhadores de restaurantes e bares da região. A partir dalí, colocou seu projeto em ação, explorando técnicas complexas de ilustração – como decalque e pontilhismo.

“[Na mostra] Busco expressar o que essas pessoas me ensinaram sobre o uso social e cultural das espécies. A pesca entrosa a comunidade e possibilita trocas econômicas e comerciais, além das afetivas e familiares. Essas relações são o verdadeiro tesouro da Ilha”, afirma o jovem, que também é tatuador e professor.

Obras retratam espécies como peixes e camarões. Foto: Luara Monteiro/Divulgação
Obras retratam espécies como peixes e camarões. Foto: Luara Monteiro/Divulgação

Devido às experiências em sala de aula, Maia também quis aproximar a arte da educação. Por isso, decidiu optar pelos desenhos morfológicos, algo comumente usado na zoologia. A mostra será aberta nesta quinta-feira, dia 5, às 19h, no Museu do Pescador, dentro do bairro.

“Apenas uni duas paixões minhas: ciência e pintura. Mas não estou interessado em chamar atenção para os aspectos biológicos, sim em suscitar um outro direcionamento e sentido para esse tipo de imagem: o de comunicar de uma forma afetiva com as pessoas”, diz.

Exposição “Da Ilha”, de Igor Maia

Quando: desta quinta até dia 6 de junho. De terça a sexta, das 9h às 17h; sábado, domingos e feriados, das 11h às 15h.
Onde: no Museu do Pescador. Endereço: rua Felicidade Corrêa dos Santos, 1095 – Ilha das Caieiras, Vitória.
Informações: (27) 3132-8372.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Apenas 3 municípios do ES aderiram à compra direta de vacinas

Dinheiro

Senado aprova em 2º turno PEC que retoma auxílio; saiba o que falta para o pagamento

Política

“Chega de frescura e mimimi. Vão ficar chorando até quando?”, diz Bolsonaro

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência