Explosão de fogos em Vila Velha deixa mais de 10 feridos - ES360

Explosão de fogos em Vila Velha deixa mais de 10 feridos

Os fogos foram disparados de uma estrutura na areia, em frente ao Quiosque do Vitalino. O estabelecimento foi multado em R$ 6,5 mil

Um acidente com fogos de artifício deixou feridos na Praia de Itaparica, em Vila Velha, durante a virada do ano. Os fogos foram disparados de uma estrutura de madeira montada na areia, em frente ao Quiosque do Vitalino. A estrutura caiu e muitos fogos saíram na direção do público na praia.

Houve correria e tumulto no local. Segundo testemunhas, mais de 10 pessoas apresentaram ferimentos leves e queimaduras. Uma criança de 7 anos deu entrada no Hospital Infantil com queimaduras pelo corpo e uma mulher de 22 anos teve queimaduras de 2º grau na coxa direita. O Corpo de Bombeiros atendeu os demais feridos na praia.

Segundo a prefeitura de Vila Velha, os fogos eram de particulares, já que os de responsabilidade do município foram disparados de balsas em alto mar.

O Corpo de Bombeiros afirmou que o quiosque não possuía autorização para realizar queima de fogos. Bruno Vitalino, proprietário do quiosque, afirmou não ter responsabilidade sobre os fogos e disse que prestou socorro às vítimas. O dono do estabelecimento foi multado em R$ 6,5 mil pela prefeitura.

Investigação

Segundo a Polícia Civil, o caso está sendo investigado pelo 7º Distrito Policial, em Santa Inês. Em nota, o órgão afirma que as diligências, coleta de provas e depoimentos estão em andamento e que outros detalhes não serão divulgados para não atrapalhar o andamento das investigações.

A Polícia Civil pede ainda às pessoas que se feriram para que registrem a ocorrência em qualquer delegacia, preferencialmente no 7º Distrito Policial, munidas de qualquer material que comprove o fato, para auxiliar o trabalho de investigação.

Confira a nota na íntegra da prefeitura de Vila Velha

A Prefeitura de Vila Velha, por meio da Secretaria de Defesa Social e Trânsito, informa que a Guarda Municipal, por volta das 00h10, em apoio a Policia Militar e Corpo de Bombeiros, socorreu um garoto de 7 anos ao Hospital Infantil de Vila Velha (Himaba) com queimaduras pelo corpo. O menino foi atingido por fagulhas durante a explosão de fogos e artifícios montados em um evento particular, no Quiosque do Vitalino, na Praia de Itaparica.

Pela descrição da ocorrência no Ciodes, a estrutura de madeira que sustentava fogos de artifício no local se rompeu e os fogos estouraram em cima da multidão, ocasionando lesões corporais em várias pessoas. Duas ambulâncias dos Bombeiros e a Guarda Municipal socorreram as vítimas. A ocorrência foi atendida pela Policia Militar em conjunto com o Copo de Bombeiros.

Uma mulher, de 22 anos, possivelmente vítima da explosão de fogos em Itaparica, deu entrada no PA Glória com queimaduras de 2º grau na coxa direita e 1º grau no glúteo. Foi atendida por médico cirurgião plantonista medicada e liberada.

O quiosque não tinha autorização para a realização de shows pirotécnicos. Nesses casos, a autorização é dada pelo setor de Posturas da Secretaria de Serviços Urbanos da Prefeitura de Vila Velha e também do Corpo de Bombeiros. Por isso, o responsável foi autuado em R$ 6.596,80. Em uma vistoria realizada na tarde do dia 31 no local, a fiscalização não identificou qualquer indicio da realização de queima de fogos e também não houve nenhuma solicitação formal para o evento.

A Prefeitura de Vila Velha esclarece que os fogos de artifício instalados pela municipalidade na orla ficam em balsas em alto mar, em uma distância segura da areia, para prevenir situações adversas como a que ocorreu em Itaparica.

Mais notícias
Política

Índice de rejeição do presidente cai 10 pontos, diz Datafolha

Dia a dia

Unipró lança curso de preparação para o Ifes 100% online

Bem-estar

A Escola Bíblica Dominical sob a perspectiva da Igreja Cristã Maranata

Cult

Mulher quebra obra de Romero Britto na frente do artista