Estado estuda investir em ônibus a gás e elétricos - ES360

Estado estuda investir em ônibus a gás e elétricos

O anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo governador Renato Casagrande. Para viabilizar o projeto, o governo quer parceria com banco interamericano

Objetivo é que a frota do sistema Transcol tenha veículos menos poluentes. Foto: Chico Guedes
Objetivo é que a frota do sistema Transcol tenha veículos menos poluentes. Foto: Chico Guedes

A frota de ônibus que opera o sistema Transcol na Grande Vitória deve contar com veículos elétricos e a gás nos próximos anos. O governador Renato Casagrande (PSB) anunciou que estão sendo realizados estudos de viabilidade em parceria com o banco interamericano. O número de ônibus e o prazo para iniciar a operacionalização não foram divulgados.

“Se o gás baratear, o ônibus a gás poderá ser alternativa, e rapidamente o ônibus elétrico também será alternativa para nós. A administração pública tem de dar os primeiros passos para consolidar novas práticas e investimentos em inovação”, declarou o governador durante abertura do XI Fórum Capixaba de Energia, ontem, em Vitória. A expectativa de barateamento do gás existe por conta da nova política adotada para o setor pelo governo federal.

A Secretaria de Mobilidade e Infraestrutura confirmou que estuda a implantação de veículos que utilizam combustíveis alternativos, mais eficientes e menos poluentes, como os movidos a gás e elétricos. A secretaria destacou ainda que desde 2014 todos os novos veículos adquiridos para operar na frota do Transcol utilizam diesel S10, menos poluente que os combustíveis usados até então.

Energia solar

Durante o fórum, o governador assinou decreto estabelecendo a instalação de equipamentos para captação de energia solar em novas edificações estaduais. A norma também se aplica às instalações construídas com recursos do estado repassados aos municípios por meio de convênios e acordos.

“Assinamos esse decreto hoje para que possamos aproveitar o crescimento da energia com custo-benefício adequado e para que possamos dar sinais aos projetistas dos futuros prédios públicos. A energia solar está se tornando viável”, disse o governador.

Mais notícias
Bem-estar

Buscas por meditação batem recorde na pandemia

Política

Supremo tem dez liminares valendo há mais de cinco anos

Dia a dia

Espírito Santo tem 7 mortes pelo coronavírus em 24 horas

País

“Vai comprar na Venezuela”, diz Bolsonaro a homem que reclamou de alta do arroz