Espumante argentino manda 2020 para um certo lugar... - ES360

Espumante argentino manda 2020 para um certo lugar…

Vinícola Dante Robino lançou um extra brut chamado LPQTP 2020. Oficialmente, a sigla significa "Lindo Período Que Tiempos Pletóricos". Mas não é bem isso, não...

Espumante LPQTP. Foto: Divulgação
Espumante LPQTP. Foto: Divulgação

 

O convite é feito ao final da ficha técnica do mais novo espumante da Dante Robino, feito para marcar o ano de 2020: “Levante o copo, e também levante a voz para níveis que vão um pouco além do normal. E diga, o que você engasgou, com todas as letras”. Oficialmente, o nome do vinho é formado por uma sigla, com as iniciais de “Lindo Período Que Tiempos Pletóricos”. Ironia? Nada. Jogo de palavras. Ou de letras. Porque a sigla LPQTP equivale ao nosso coloquial PQP. Sim, a Dante Robino produziu um espumante capaz de mandar 2020 para aquele lugar pensado por você.

Logicamente, um rótulo assim tinha de vir acompanhado de uma campanha de marketing agressiva. Há alguns dias, “vazou” um vídeo sobre o espumante. Uma voz feminina, suave, não esconde nada. Enquanto a imagem passeia pela garrafa, ela narra: “Um ano especial e diferente merece que nos despeçamos de uma maneira especial e diferente. 2020: La Puta Que Te Parío. Vamos nos despedir desse 2020 com todas as letras.”

A vinícola oficialmente lançou outro vídeo, apenas com as letras do rótulo. Não negou a autoria do primeiro vídeo, mas também não descartou essa possibilidade. Apenas falou em um possível vazamento.

O espumante é um extra bruto feito com Chadonnay e Chenin. Mas isso, obviamente, é o menos importante em um rótulo feito para atender os criativos apelos da equipe de marketing da vinícola e para ser aberto no final deste ano muito duro. De preferência, seguindo as orientações dos autores do espumante: erguendo a taça e dizendo, em volume bem alto, qual o seu desejo para o destino de 2020. Mas diga com todas as palavras. Ou todas as letras, como está no rótulo do LPQTP…

Há mais de 10 anos escrevo sobre vinhos. Não sou crítico. Sou um repórter. Além do conteúdo da garrafa, me interessa sua história e as histórias existentes em torno dela. Tento trazer para quem me dá o prazer da sua leitura o prazer encontrado nas taças de brancos, tintos e rosés. E acredite: esse prazer é tão inesgotável quanto o tema tratado neste espaço.

Os artigos publicados pelos colunistas são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam as ideias ou opiniões do ES360.


Comentários:


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais Colunas