Espírito Som: Raimundo Machado e grupo fazem apresentação nesta quinta - ES360

Espírito Som: Raimundo Machado e grupo fazem apresentação nesta quinta

O repertório fará uma homenagem aos grandes artistas do choro e do samba, como Pixinguinha, Paulinho da Viola, Cartola e João Nogueira. Saiba como assistir

Raimundo Machado é a próxima atração do projeto “Espírito Som”. Foto: Ariane Machado/Reprodução

De jogador de futebol até economista, muitas foram as profissões do capixaba Raimundo Machado, 59, antes de se aventurar no mundo da música. Aos 24 anos, assumiu um “namoro” com o samba e, desde então, nunca mais o largou, mesmo com a reprovação da família. “Deixei tudo para depois e me dediquei ao que mais amava: o cavaquinho”, conta o artista, que é o próximo convidado do projeto “Espírito Som desta quinta-feira (27), a partir das 18h50. A ação é fruto da parceria entre o pub 244/Club, em Vitória, e a Rede Capixaba de Comunicação.

Em entrevista à BandNews FM Espírito Santo, o cantor contou um pouco sobre o grupo e apresentação. Confira:

Na infância, Raimundo era um admirador das histórias de compositores da música brasileira por influência da irmã, que tinha uma coleção de discos e livros sobre o assunto. Esse conhecimento fez com que ele criasse amizades com músicos experientes já na adolescência, o que lhe despertou a vontade de também tentar se arriscar em diversos instrumentos, tal como aconteceu Pixinguinha, um de seus artistas favoritos, juntamente com Cartola e João Nogueira.

Mas Raimundo só começou a ter as primeiras aulas de cavaquinho enquanto cursava a faculdade de Economia, em Curitiba, no final dos anos 1980. A partir dali, soube que precisaria deixar a carreira de economista para trás. “Claro que ouvi algumas indiretas e houve discordâncias na família, mas segui minha vida normalmente. Um grande apoio que tive foi o da minha mãe. O meu primeiro cavaquinho e o violão foram presentes dela, e ambos estão comigo até hoje”, relembra.

Assim que terminou o curso, voltou para o Espírito Santo e criou o grupo Chorões da Ilha, cujas principais influências eram o samba e o choro. Depois de trabalhar juntos por dez anos, o conjunto acabou e ele foi convidado para participar da banda H2O, no qual permaneceu também durante uma década, fazendo apresentações com importantes músicos como Altamiro Carrilho, Paulo Sérgio Santos e Yamandu Costa.

Novas gerações

Apesar de ter construído a carreira dentro dessas bandas, Raimundo optou por seguir carreira solo em 2014. Contudo, por ser engajado em projetos sociais que buscam envolver os jovens em vulnerabilidade social na música, o artista ultimamente tem se dedicado a chamar nomes da nova geração para lhe fazerem companhia nos shows. Tudo isso com o objetivo de abrir as portas para quem está começando e proporcionar uma troca de experiências entre as diferentes idades.

Essa apresentação no ‘Espírito Som’ envolve duas gerações de músicos: a minha, que já atuo no ramo há muitos anos, e um grupo de jovens que estão despontando no estado. Todos eles estão na faixa dos 20 a 22 anos, começando suas carreiras. Estão podendo colocar em prática o que aprenderam na sala de aula”, afirma Raimundo.

Acompanhado no palco do 244/Club pelos estudantes Matheus Viana (flauta), Luciano Furtado (violão) e Edson Neto (pandeiro), Raimundo também contará com a presença especial de Luciana Nunes, cantora piauiense que mora em Vitória há cerca de dois anos. Juntos, eles apresentarão músicas de Clara Nunes, João Nogueira, Paulinho da Viola e Jacob do Bandolim, como “Mineira”, “Onde A Dor Não Tem Razão” e “Nova Ilusão”.

“Nós nos conhecemos em um bar onde eu estava tocando. De repente, ela pediu para cantar uma música, e lógico que aceitei (risos). Foi incrível. Ela tem uma alma jovem e artística, então a partir daquele dia fomos trocando ideias e fazendo parcerias. Tenho certeza que o público vai adorar”.

Quem quiser conhecer o trabalho de Raimundo pode acompanhá-lo no Facebook e no Instagram.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
País

Governo investirá R$ 15,5 bi em energia nuclear e criará agência, diz ministro

Dia a dia

Policial militar da reserva é preso com 230kg de maconha

Dia a dia

Entenda o decreto de Bolsonaro sobre parcerias no SUS

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 9 mortes e 788 casos em 24 horas