Espírito Santo volta a ter cidade em risco alto de covid-19 - ES360

Espírito Santo volta a ter cidade em risco alto de covid-19

Com a atualização a partir de segunda-feira, Mantenópolis, no Noroeste do estado entre em risco alto. No total são 49 em risco moderado e 28 em risco leve

Mapa de risco vigente a partir de segunda. Foto: Reprodução

Depois de 12 semanas com cidades apenas em risco moderado e leve de covid-19, o Espírito Santo voltou a ter um município com risco alto da doença, Mantenópolis, na região Noroeste do Estado. Isso significa mais restrições às atividades sociais e econômicas para conter o avanço da doença. Outras 49 cidades, incluindo todas da Grande Vitória continuam em risco moderado, em decorrência da taxa de ocupação dos leitos potenciais de UTI para tratamento do novo coronavírus ter superado o índice de 50% e 28 estão com risco leve.

O número de municípios em risco moderado aumentou em relação à semana passada, quando 35 cidades estavam nessa classificação e outras 43 eram de risco baixo. “Precisamos redobrar os nossos cuidados e manter as medidas de prevenção“, afirmou o governador Renato Casagrande em publicação em rede social após a publicação do mapa.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Evolução do Mapa de Risco nas últimas semanas. Foto: Reprodução

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Vila Velha inicia vacinação contra o novo coronavírus nesta terça, às 14h

Dia a dia

Idosos e profissionais da saúde são vacinados contra a covid-19 em Vitória

País

Primeiro lote da Coronavac vai vacinar só 0,5% dos idosos e 34% dos profissionais de saúde

País

Início da vacinação no Brasil traz alívio para aéreas, mas incertezas persistem