Espírito Santo teve recorde de mortes em agosto - ES360

Espírito Santo teve recorde de mortes em agosto

Segundo a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais, foram 2487 óbitos em agosto deste ano, maior índice desde 2002, início da série histórica

Cartórios registram aumento nos óbitos. Foto: Pixabay

Leticia Orlandi

Mesmo com a queda do número de óbitos da covid-19 no Espírito Santo, o mês de agosto foi o que mais registrou mortes no estado desde 2002, início da série histórica do Registro Civil. Foram 2.487 óbitos em agosto no Espírito Santo e 247 em Vitória. Em relação ao ano passado, o crescimento foi de 14% no número de mortes, e comparando com 2018, o número cresceu 29% no Estado.

Considerando só a capital, o crescimento foi de 17%, passando de 211 mortes em agosto do ano passado para 247, também no mês de agosto.

Ao comparar os dados de janeiro a agosto de 2020, o aumento também foi de 14% no número de mortes registradas no Espírito Santo, conforme apontou o vice-presidente da Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), Luis Carlos Vendramin Júnior. Foram 19.189 óbitos até agosto de 2020 e 16.754 no mesmo período do ano passado.

Em Vitória, o crescimento no número de óbitos durante todo o ano de 2020 foi de 19,6%, passando de 1720 em 2019, para 2058 em 2020, considerando até o mês de agosto.

O Portal da Transparência, administrado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil), é atualizado diariamente por todos os Cartórios do País desde 2019. Desde o início da pandemia, a plataforma do Registro Civil passou a informar dados de óbitos por Covid-19 (suspeita ou confirmada) e, ao longo dos meses, novos módulos sobre óbitos por doenças respiratórias e cardíacas foram adicionados ao Portal, com filtros por estado e município com mais de 50 óbitos em 2020, cor da pele, local de falecimento e cidade de domicílio.

Covid em queda

Por outro lado, o mês de agosto apontou o menor número de registros de óbitos provocados pela covid-19 desde o mês de maio, com 621 falecimentos. A queda foi de 38% em relação a junho, o ápice da doença no estado, quando foram registradas 1.018 mortes pela doença no Espírito Santo. Os dados do registro civil apontam 3.266 mortes por covid-19 até agosto no estado, e 416 em Vitória.

Para Luís Carlos Vendramin Júnior, vice-presidente da Arpen-Brasil, os dados disponibilizados pelo Portal da Transparência do Registro Civil seguem sendo uma importante ferramenta de combate à pandemia de covid-19 no País.

“É importante que a população e o Poder Público possam ver esses altos números de mortes ocorridas durante o mês de agosto e, assim, utilizá-los em estudos sobre o impacto do novo coronavírus no país. Hoje, os dados do Portal são fonte de estudos acadêmicos, de órgãos oficiais do Governo e base de dados dos índices de mortalidade no Brasil, com atualização dinâmica pelos Cartórios de Registro Civil e grande detalhamento de dados”, explica.

Redução de mortes por doenças respiratórias

O subsecretário de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin, destacou que o aumento de óbitos reflete de fato os mais de 3 mil casos de covid registrados em 2020, mas apontou também que houve redução de outros tipos de mortes, como por violência e também de outras doenças respiratórias, como pneumonia, insuficiência respiratória e septicemia.

“A redução de óbitos de pneumonia e septicemia, que também pode ter origem respiratóra, podem ter sido reflexo do isolamento. Os óbitos por violência também caíram um pouco”, avalia.

Ele também explicou que o Estado contabiliza os registros pelas declaração de óbito – documento feito por profissional de sáude, Instituto Médico Legal (IML) ou Serviço de Verificação de Óbito (SVO) –  que é entregue no cartório para ser realizada a certidão de óbito. A diferença é que caso a causa da morte que o profissional suspeita não se confirme, é possível corrigir em até 60 dias nos dados do sistema de informação de mortalidade.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

De cada seis notificações, um resultado é positivo para covid-19 no ES

Dia a dia

Espírito Santo terá muita chuva nos próximos dias; veja a previsão

Dia a dia

Espírito Santo tem 15 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Dia a dia

Rio Doce: em cinco anos, apenas 34% das famílias cadastradas receberam indenização