Espírito Santo tem a maior expectativa de vida do país após 60 anos - ES360

Espírito Santo tem a maior expectativa de vida do país após 60 anos

Estado é também o primeiro no Brasil em probabilidade de sobrevivência até os 80 anos de idade. Dados da Tábua Completa de Mortalidade 2019 foram divulgados nesta quinta

O Espírito Santo é o estado em que os habitantes têm maior expectativa de vida após completar 60 anos em todo o Brasil. Além disso, é também o estado em que há maior probabilidade de se viver até os 80 anos. Os dados são da Tábua Completa de Mortalidade de 2019, divulgados nesta quinta-feira (26) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A pesquisa do IBGE aponta que, considerando como idosos os indivíduos com mais de 60 ou 65 anos de idade, o Espírito Santo foi o estado onde se verificou o maior valor da expectativa de vida nessa faixa etária: 24,4 e 20,5 anos, respectivamente. Isso quer dizer que o indivíduo que completou 60
anos em 2019 viverá em média até os 84,4 anos, enquanto o indivíduo que completou 65 anos viverá em média até os 85,5 anos.

Foi verificada ainda a probabilidade de um indivíduo de 60 anos sobreviver até os 80 anos de idade. Nesse indicador, o Espírito Santo foi o primeiro colocado entre os estados, registrando os valores de 581 e 723 por mil para homens e mulheres, respectivamente.

Já a esperança de vida ao nascer do Espírito Santo, de 79,1 anos, é a segunda maior do país, atrás apenas de Santa Catarina (79,9 anos). No Brasil, a expectativa média é de 76,6 anos.

O IBGE explica que as Tábuas de Mortalidade são feitas a partir da projeção oficial da população do Brasil para o período 2010-2060. Além de permitir que se conheçam os níveis e padrões de mortalidade da população brasileira, as tábuas são utilizadas como um dos parâmetros necessários para determinar o fator previdenciário no cálculo dos valores das aposentadorias dos trabalhadores que estão sob o Regime Geral de Previdência Social (INSS).

Dado sobre expectativa de vida para mulheres do IBGE

 

Dados da mortalidade para homens

Esperança de vida ao nascer é de 7,7 anos a mais para as mulheres

Ao nascer, as mulheres têm a chance de viver 7,7 anos a mais que os homens no Espírito Santo. Em 2019, a esperança de vida ao nascer é de 75,3 anos para os homens, enquanto para as mulheres o número chegou a 83,0 anos. Segundo o IBGE, considerando os valores das expectativas entre homens e mulheres para o Estado, uma recém- nascida tem a expectativa de viver em média 7,7 anos a mais que um recém-nascido do sexo masculino.

Taxa de mortalidade infantil no estado é a menor do país

A mortalidade das crianças menores de 1 ano é um importante indicador da condição de vida socioeconômica de uma região. A menor taxa de mortalidade infantil do País foi encontrada no Espírito Santo: 7,8 óbitos de crianças menores de 1 ano para cada 1.000 nascidos vivos. A maior taxa foi observada no Amapá: 22,6 por mil.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Idosos e profissionais da saúde são vacinados contra a covid-19 em Vitória

País

Município do Pará entra em colapso por falta de oxigênio

Dia a dia

“Senti nada, só alegria!”, conta a primeira a ser vacinada no Espírito Santo

Dia a dia

Cariacica adota vacinação volante contra a covid-19