Espírito Santo solicitou 440 mil doses de vacina ao Butantan - ES360

Espírito Santo solicitou 440 mil doses de vacina ao Butantan

Segundo o governo do Espírito Santo, o número de doses seria destinado para vacinar todos os trabalhadores da saúde e da segurança pública

O Espírito Santo foi um dos 11 estados brasileiros que solicitou a São Paulo a vacina que será produzida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac Biotech. No total, foi pedida a disponibilização de 440 mil doses de vacinas necessárias para vacinar todos os trabalhadores da saúde e da segurança pública do Espírito Santo.

O governo do Espírito Santo informou que participa da mobilização nacional pela garantia de vacina contra a covid-19 suficiente para imunizar a população brasileira até 2021. Segundo o governo, serão tomadas todas as medidas possíveis para viabilizar vacinas para todos os capixabas. No processo de mobilização, foi apresentado pelo Governo do Estado de São Paulo a possibilidade de disponibilizar vacinas suficientes para que os trabalhadores da saúde e da segurança pública do Espírito Santo fossem imunizados pela vacina produzida pelo Instituto Butantan.

Em São Paulo, a vacinação está prevista para começar no dia 25 de janeiro. O Instituto Butantan informou que começou a produção das vacinas na noite desta quarta-feira (09) e a previsão é de conseguir fazer 1 milhão de doses ao dia.

O governador Renato Casagrande se manifestou em rede social, dizendo que continua trabalhando para que o Ministério da Saúde coordene o Plano Nacional de Imunização, mas vai tomar as medidas necessárias para que todos os capixabas sejam protegidos.


Comentários:


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES prevê ampliar leitos de UTI para covid-19 até a primeira semana de fevereiro

Dia a dia

Estado cria “vacinômetro” para acompanhar imunização em tempo real

Dia a dia

ES avalia vacina obrigatória para trabalhadores da Saúde

Dia a dia

Maranata cria atendimento médico online para fieis com suspeita de Covid-19