Espírito Santo registra 313 estupros de criança em 2020 - ES360

Espírito Santo registra 313 estupros de criança em 2020

O número deste ano é 32,3% menor do que o de casos de 2019, quando a polícia contabilizou 462 ocorrências

De janeiro a julho deste ano, já foram registrados 313 estupros de crianças menores de 14 anos no Espírito Santo, uma média três casos registrados a cada dois dias. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública. O número deste ano é 32,3% menor do que o de casos de 2019, quando a polícia contabilizou 462 ocorrências no mesmo período.

Entretanto, apenas 7,5% das vítimas levam o fato até a polícia, de acordo com a Pesquisa Nacional de Vitimização do Ministério da Justiça, de 2013. Segundo informações do Anuário Brasileiro da Segurança Pública de 2019, os casos de violência sexual envolvendo menores de 14 anos representam 63,6% do total. Além disso, 81% das vítimas são meninas. E em 75,9% dos casos, o agressor é uma pessoa conhecida.

“O principal grupo de vitimização são meninas muito jovens: 26,8% tinham no máximo 9 anos. Se observarmos a idade considerada para estupro de vulnerável, temos que 53,6% das vítimas tinha no máximo 13 anos”, detalha documento.

A faixa entre 10 e 13 anos é onde ocorre a maior parte dos estupros de meninas, o que representa 29% dos casos. E justamente essa é a idade da menina de 10 anos que teve o aborto autorizado pela Justiça depois de ser violentada sexual pelo tio, em São Mateus. O caso, revelado no início do mês, teve repercussão nacional.

O anúario também aponta o número de estupros registrados no Espírito Santo, sem considerar a idade. De um ano para o outro, o crescimento foi de 18% do número de casos. Em 2017 foram 408, e os registros subiram para 480 em 2018.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

De cada seis notificações, um resultado é positivo para covid-19 no ES

Dia a dia

Espírito Santo terá muita chuva nos próximos dias; veja a previsão

Dia a dia

Espírito Santo tem 15 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Dia a dia

Rio Doce: em cinco anos, apenas 34% das famílias cadastradas receberam indenização