Espírito Santo reduziu em 45% os leitos de UTI para covid-19 - ES360

Espírito Santo reduziu em 45% os leitos de UTI para covid-19

Atualmente, já foram revertidas 45,88% das UTIs, ou seja, o estado conta com 328 unidades a menos do que no auge da pandemia

UTI no Hospital Dório Silva, na Serra. Foto: Divulgação/Sesa
UTI no Hospital Dório Silva, na Serra. Foto: Divulgação/Sesa

 

Com a redução do número de contaminados e mortes em decorrência da covid-19, a Secretaria de Estado da Saúde iniciou no final de julho a reversão de parte dos leitos exclusivos para pacientes com o novo coronavírus para o tratamento de outras doenças. Atualmente, já foram revertidas 45,88% das UTIs, ou seja, o Estado conta com 328 unidades a menos do que no auge da pandemia. Os dados foram atualizados nesta sexta-feira, dia 30, no Painel Covid-19. Os números são referentes às vagas colocadas à disposição da população pela rede pública. Não há dados disponíveis sobre a índice de ocupação nas redes particulares.

> Espírito Santo registra 6 mortes e 604 casos em 24 horas

Desde o início da pandemia, o Estado passou a ampliar o número de leitos para o atendimento exclusivo a pacientes contaminados pelo novo coronavírus. No auge desse processo, havia 1.532 leitos de enfermaria e UTI’s disponibilizados para covid-19. No final de julho, a Secretaria da Saúde passou a fazer a reversão gradual dos leitos para outras doenças. Essa redução foi estabelecida com um limite: a ocupação deve se manter abaixo dos 70%, caso esse índice seja ultrapassado, leitos poderão ser revertidos para tratamento exclusivo da covid.

O Painel Covid-19 mostra que, com a ampliação dos leitos para o novo coronavírus, o total de UTI’s chegou a 715. Nesta sexta-feira, dia 30, o número está em 387, sendo que 289 estão em uso, o que representa uma ocupação de 74,68% em relação ao total de leitos disponíveis atualmente. Caso contasse com o número de vagas disponibilizadas no pico da pandemia (715), a taxa seria de 40,42%. O maior índice de ocupação é observado na região metropolitana, onde estão ocupados 216 das 270 UTI’s disponíveis, uma taxa de 80%. A região central tem 76,92%. Região norte registrou a menor a ocupação: 50%. Já no sul, o índice é de 62,30%.

> Covid: governo do ES vai pedir ao TRE proibição de comícios e passeatas

Na enfermaria, 56,8% dos leitos foram revertidos para outras doenças. No auge da pandemia, estavam disponíveis 817 leitos para pacientes infectados pelo novo coronavírus. Atualmente, são 353 exclusivos, dos quais 250 estão uso. A taxa de ocupação da enfermaria nesta sexta-feira atingiu 70,82%. Se todos os leitos da ampliação ainda estivessem disponibilizados, a taxa seria de 30,60%. A região metropolitana também registra a maior taxa de ocupação: 79,83%. No sul, o índice está em 54,84% e no norte, 50%. Já a região central aparece com 44,44%, a menor taxa de ocupação do estado.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

Arnaldinho Borgo é eleito prefeito de Vila Velha

Eleições 2020

Delegado Lorenzo Pazolini será o novo prefeito de Vitória

Eleições 2020

“Tivemos uma vitória política em Cariacica”, diz Célia Tavares em Cariacica

Eleições 2020

Após carreata, Vidigal diz que governará para todos na Serra