Espírito Santo é favorável a distribuir todas as vacinas disponíveis contra a covid - ES360

Espírito Santo é favorável a distribuir todas as vacinas disponíveis contra a covid

Para o secretário de Saúde, Nesio Fernandes, como efeitos adversos podem aparecer ao longo do ano, o governo não pode apostar em uma ou duas estratégias

Farmacêuticas planejam declaração conjunta de vacinas contra covid-19. Foto: Divulgação/Governo de São Paulo
Vacinação pode começar em janeiro. Foto: Divulgação/Governo de São Paulo

Com a confirmação da eficácia e liberação pela Anvisa das vacinas que estão sendo testadas contra o novo coronavírus, o Espírito Santo é a favor da distribuição de todas as opções de imunização disponíveis contra a covid-19. Segundo o secretário de Estado da Saúde, Nesio Fernandes, a ampla gama de opções é importante porque ao longo de um ano a vacina pode provocar efeitos adversos, por isso o governo federal, que comanda o Programa Nacional de Imunização (PNI) não deve apostar em apenas uma ou duas estratégias. Neste terça-feira (20), o governo federal confirmou que vai comprar 46 milhões de doses de vacina chinesa fabricada pelo instituto Butantan, em São Paulo.

“Algumas não foram testadas em adolescentes e crianças e pessoas com mais de 60 anos. Outras, como a da Pfizer, estão sendo avaliadas em adolescentes com mais de 16 anos e pessoas com mais de 60 anos. É preciso ter um rol de vacinas para ter segurança caso alguma delas falhe e assim ter opções de vacinação extensa para a população”, afirmou.

Além disso, o Espírito Santo também se prepara para adquirir diretamente dos laboratórios doses de vacina contra a covid caso o PNI não consiga adquirir os imunizantes já aprovados. Segundo Nesio Fernandes, além da conversa com a Pfizer, o governo do Estado também está em diálogo com outros produtores para ter mais opções. O Estado também está comprando seringas para poder vacinar a população a partir de janeiro.

“Nós apostamos no PNI, mas assumimos a possibilidade de aquisição direta na condição que o programa de imunização falhe. Não podemos ficar atrás na decisão de adquirir vacinas e também não podemos perder tempo com embates políticos e ideológicos”, ponderou.

 


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

Candidatos recebem R$ 4,1 milhões para o 2º turno; veja quem mais recebeu

Dia a dia

Covid-19: Espírito Santo tem 23 mortes e 1.789 casos em 24 horas

Mundo

“Cão de guarda” vence prêmio de foto de pet mais engraçada em 2020

País

Fiscal do Carrefour que aparece nos vídeos da morte de João Alberto Freitas é presa