ES é o quinto estado com mais mortes de covid-19 por 100 mil habitantes - ES360

ES é o quinto estado com mais mortes de covid-19 por 100 mil habitantes

Com uma população estimada em 4 milhões de habitantes, o Espírito Santo contabiliza um total de 5.796 óbitos e 290.775 contaminados

ES registra 6 mortes e 363 novos casos de covid-19 em 24h. Foto: Divulgação
Levantamento de mortes por covid-19. Foto: Divulgação

O Espírito Santo apresenta a quinta maior taxa de mortalidade pela covid-19 do Brasil, aponta levantamento do site Congresso em Foco, ferramenta de monitoramento do Portal Uol que acompanha o avanço da doença pelo país. Ao todo, são 142,62 óbitos por 100 mil habitantes, bem à frente de São Paulo (113,38 mortes por 100 mil), que lidera no número absoluto de vítimas fatais do novo coronavírus no Brasil. Com uma população estimada em 4 milhões de habitantes, o Espírito Santo registrava um total de 5.796 óbitos e 290.775 contaminados até quinta-feira (28).

O cálculo da taxa de mortalidade por 100 mil ou por milhão de habitantes costuma ser utilizado para ponderar o impacto das mortes causadas pela covid-19 conforme o contexto demográfico de determinado município, estado ou país. O dado do Congresso em Foco indica que, no quadro atual da epidemia, o Amazonas é a unidade da federação com mais óbitos pela doença levando em conta a proporção de óbitos em relação à população (182,36 mortes por 100 mil). O amazonas é seguido de outros três estados com mais de 140 óbitos por 100 mil habitantes: Rio de Janeiro (169,39), Distrito Federal (147,91) e Mato Grosso (143,75).

O pesquisador e professor do Departamento de Matemática da Ufes (Universidade Federal do Espírito Santo) Etereldes Gonçalves Júnior comentou que é preciso se atentar à análise de mortalidade, pois os territórios vivem momentos diferentes durante a pandemia. O indicador é importante, porém, terá mais eficácia ao final da pandemia. “Se você comparar um estado que está em franca expansão da doença com outro que já controlou a onda, pode ser que a mortalidade do primeiro seja muito mais baixa que o segundo neste momento da análise. No entanto, ao final, o cenário pode se inverter completamente”, explicou.

Esse é o caso do estado do Amazonas, que ultrapassou o Rio de Janeiro neste mês e se tornou o estado com a maior taxa de mortalidade por covid-19 no Brasil desde o começo da pandemia. O estado vive uma grave crise, resultado do avanço da segunda onda do coronavírus, e convive com a falta de oxigênio nos hospitais das redes pública e particular. Até dezembro, o Rio tinha a maior taxa de mortalidade no país.

Número de casos da covid-19

O Painel Covid-19 do Congresso em Foco mostra ainda que neste momento o Espírito Santo também é o quinto estado com a maior quantidade de casos da covid-19 quando se leva em conta o tamanho da população. São 7.155 casos a cada 100 mil habitantes. O Espírito Santo só fica atrás de Roraima (11.699 a cada 100 mil habitantes), Distrito Federal (8.988), Amapá (8.885) e Santa Catarina (7.855).


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Enquanto Brasil vive expansão da pandemia, ES registra queda de casos

Dinheiro

PIB tem 3ª maior queda da história e recua 4,1% em 2020

País

Bolsa Permanência do Prouni será paga a partir desta quarta

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência