ES anuncia repasse de quase R$ 12 milhões para compra de alimentos da agricultura familiar - ES360

ES anuncia repasse de quase R$ 12 milhões para compra de alimentos da agricultura familiar

Os recursos serão destinados para a Rede Estadual, tendo como apoio 11 municípios; veja quais são eles

Governador Renato Casagrande. Foto: Hélio Filho/Secom
Governador Renato Casagrande. Foto: Hélio Filho/Secom

 

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), anunciou, nesta terça-feira (28), o repasse de quase R$ 12 milhões para a aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar para as escolas da Rede Pública Estadual. Os recursos são oriundos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e vão beneficiar 24 contratos e 18 cooperativas.

“Uma crise sempre atinge quem mais necessita, fazendo aumentar a desigualdade, que é o maior problema em nosso País. Criar programas como este é fundamental para que possamos gerar oportunidades nesse momento difícil. Lançamos o programa AlimentarES, o Banestes passou a financiar a agricultura familiar e também aportamos R$ 1,5 milhão no Funsaf [Fundo Social de Apoio à Agricultura Familiar]”, destacou o governador Casagrande.

Serão adquiridos gêneros alimentícios hortifrutigranjeiros, peixe, polpa e produtos estocáveis, como feijão, leite em pós, farinha, dentre outros produtos, da agricultura familiar e de empreendedor familiar rural ou suas organizações, visando atender as necessidades da alimentação escolar dos alunos matriculados nas Escolas Estaduais de Ensino Fundamental e Médio. O contrato tem vigência de 12 meses, podendo ser prorrogado.

Os recursos serão destinados para a Rede Estadual, tendo como apoio 11 municípios: Aracruz, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Guarapari, Linhares, Santa Maria de Jetibá, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória.

O secretário de Estado da Educação, Vitor de Angelo, lembrou que a ação do Governo do Estado impacta positivamente e economicamente a vidas das pessoas. “Isso mostra a grande atenção dada pelo governador à agricultura familiar. Para que esses gêneros alimentícios de qualidade cheguem aos nossos alunos. No início da pandemia, quando as escolas passaram a ficar fechadas, tivemos que nos adequar para a distribuição dos alimentos para os estudantes. Hoje, temos essa segurança com a solução encontrada junto à agricultura familiar que, com certeza, ajudarão a economia girar”, disse.

De acordo com o subsecretário de Estado de Suporte à Educação, Aurelio Meneguelli, a expectativa é de que R$ 4 milhões destes contratos sejam executados no mês de agosto. “Em conjunto com as equipes do Incaper [Instituto Capixaba de Pesquisa e Assistência Técnica], temos tido um esforço de muitas mãos. Estamos bem organizados, garantindo a expectativa de venda destes agricultores”, disse.

O secretário de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca, Paulo Foletto, também sublinhou os investimentos no setor. “A compra desses alimentos providos das cooperativas da agricultura familiar, principalmente em meio à pandemia, só mostra o compromisso do Governo do Estado com os agricultores, além de promover hábitos de alimentação saudável para os alunos da Rede Estadual. São muitos investimentos, como o edital do Funsaf no valor de R$ 3 milhões para qualificar a estrutura produtiva das associações e cooperativas de agricultores familiares do Espírito Santo”, reforçou.

Para o diretor-presidente do Incaper, Antônio Machado, essas são ações que valorizam o homem e a mulher do campo. “O apoio do Governo é fundamental para a movimentação desse setor tão importante para a sociedade capixaba. O Incaper está presente realizando a assistência técnica aos produtores para sempre garantir a entrega de um bom alimento, agora também para os alunos da rede estadual de ensino”, afirmou.

Serão contempladas nessa ação: Cooperativa Agroindustrial de Garrafão (COOPERFRUIT); Cooperativa dos Agricultores Familiares Sul Litorânea do Estado do Espírito Santo (CAF SUL); Cooperativa dos Agricultores Familiares da Região Serrana do Espírito Santo (CAF SERRANA); Cooperativa da Agricultura Familiar de Cariacica (CAFC-ES); Cooperativa de Valorização Incentivo E Desenvolvimento Agropecuário Sustentável (COOPERVIDAS); Cooperativa dos Agricultores Familiares de Afonso Cláudio (CAFAC); Cooperativa da Agricultura Familiar de Cachoeiro de Itapemirim (CAF CACHOEIRO); Associação de Produtores Rurais de Roda D’água e Região (APRODER); Cooperativa de Laticínios Selita; Cooperativa Agropecuária de São Roque Do Canaã (COOAPE); Cooperativa da Agricultura Familiar de Rio Bananal – (CAF RIO BANANAL); Associação de Rádio Comunitário do Assentamento Florestan Fernandes (ARCAFF); Cooperativa de Agricultores Familiares de São Mateus (CAF SM); Cooperativa de Empreendedores Rurais de Domingos Martins (COOPRAM); Cooperativa de Laticínios de Alfredo Chaves (CLAC); Cooperativa dos Agricultores Familiares de Colatina (CAF COLATINA); Associação de Produtores Rurais de Boa Vista (APROVISTA); e Associação dos Aquicultores de Cariacica (ACICA).


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Eleições 2020

TSE recebe mais de 517 mil pedidos de candidatura para eleições 2020

País

Guedes se reúne com líder do governo na Câmara para debater reforma tributária

Mundo

Trump indica Amy Coney Barrett para Suprema Corte dos EUA

País

Brasil acumula 141.406 mortes pelo novo coronavírus