Erosão avança e atinge ruas de Manguinhos - ES360

Erosão avança e atinge ruas de Manguinhos

Mar já destruiu áreas de restinga e parte da rua que dá acesso às praias da região. Obras de contenção estão previstas para começar em março

Erosão avança e já destruiu ruas da região. Fotos: Chico Guedes
Erosão avança e já destruiu ruas da região. Fotos: Chico Guedes

Há quase um ano, a erosão que atinge a praia de Manguinhos, na Serra, vem causando transtornos aos frequentadores e moradores da região. O problema teve início há mais de uma década, segundo a população, mas, em 2019, duas ressacas do mar, ocorridas em março e setembro, causaram a queda de parte da rua próxima do mar, que não possui calçamento, e a destruição da restinga. A situação é mais grave em três pontos da praia do Meio e dificulta o acesso à areia.

O presidente da Associação de Moradores de Manguinhos, Guilherme Lima, explica que alguns moradores chegaram a construir, por conta própria, barreiras com madeira na areia na praia, na tentativa de proteger os imóveis. “Também plantaram restinga, porque ela ajuda a segurar o avanço do mar, mas é preciso uma obra definitiva no local”, explica.

Para conter o avanço do mar, moradores fizeram barreiras na areia. Foto: Chico Guedes
Para conter o avanço do mar, moradores fizeram barreiras na areia. Foto: Chico Guedes

Ele diz, ainda, que ontem a prefeitura iniciou uma obra provisória nos locais. “É uma contenção paliativa para que, em março, tenha início o trabalho de engordamento da praia. Agora, deve ser feito somente o preenchimento dos buracos da rua e a construção de escadas e rampas de acesso à areia da praia”.

Obras em cinco praias

A prefeitura da Serra explicou que um estudo realizado pela Secretaria de Meio Ambiente apontou a necessidade de extensão da faixa de areia em oito pontos de cinco praias da cidade: Manguinhos, Jacaraípe, Costa Bela, Marbela e Nova Almeida. Ao todo, a área a ser recuperada tem 61,3 mil m2. A prefeitura diz, ainda, que os projetos executivos estão em fase de conclusão e que as intervenções não poderão ocorrer antes de março devido ao período de desova das tartarugas nesses locais.

Nessa terça, a prefeitura iniciou um trabalho paliativo. Foto Guilherme Lima/Divulgação
Nessa terça, a prefeitura iniciou um trabalho paliativo. Foto Guilherme Lima/Divulgação
Mais notícias
Dia a dia

ES começa a vacinar idosos com idade entre 80 a 84 anos

Dinheiro

Receita recupera R$ 244 mi em impostos sonegados no ES

Dia a dia

Criminosos roubam pregos de sustentação de linha férrea em Cariacica

Dia a dia

Com ações inclusivas, Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência