Enfermeira que debochou de vacina é demitida da Santa Casa - ES360

Enfermeira que debochou de vacina é demitida da Santa Casa

A profissional argumentou que estava apenas “exercendo o direito de liberdade de expressão como cidadã”

Enfermeira de Vitória debocha da vacina na internet e pode ter o registro cassado. Foto: Reprodução
Enfermeira de Vitória debocha da vacina na internet e pode ter o registro cassado. Foto: Reprodução

A enfermeira Nathanna Ceschim foi desligada do Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória. A profissional confirmou a demissão na noite desta segunda-feira (25). Ela se tornou alvo de investigação após publicar em uma rede social vídeos em que aparece sem máscara no local de trabalho e, em outro momento, ironizando da vacina contra a covid-19. A profissional argumentou que estava apenas “exercendo o direito de liberdade de expressão como cidadã”.

Em vídeos publicados nos stories do Instagram, Nathanna frisa não ter cometido nenhum crime. “Eu estou com a consciência limpa. Não fui pega desviando ou desprezando vacina. Não joguei vacina fora. Não desviei verba da covid-19. Em nenhum momento do vídeo fiz campanha contra a vacina. Meu vídeo foi caseiro, eu estava dentro da minha casa, sem roupa de trabalho, não envolvi ninguém e nenhuma instituição. Eu apenas exerci meu direito de cidadã de expressar minha opinião, a famosa liberdade de expressão”, disse a enfermeira.

Ainda em vídeo publicado nos stories desta segunda-feira, a enfermeira leu bilhetes de pacientes e familiares agradecendo a atenção e os cuidados da profissional durante a internação em decorrência da covid-19. Ela ainda frisou que não debochou dos óbitos e nem dos contaminados pela doença. Divulgou um áudio em que desabafava com um amigo sobre as dificuldades enfrentadas durante os plantões.

“Aquela é a opinião que eu daria seja na praia, no bar ou em qualquer lugar que alguém ligasse uma câmera e me perguntasse o que eu achava da vacina. Mas quem sou eu para tirar a fé de quem tem fé na vacina? Eu não estou aqui para fazer campanha contra a vacina. A Nathana acha que mesmo tomando a vacina nós iremos ficar vulneráveis a pegar a doença devido à porcentagem de segurança que a vacina nos oferece e ponto final”, concluiu.

Nathanna atuava no Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória e foi imunizada contra a covid-19 na última terça-feira (19). Em vídeo, a profissional desdenhou da aplicação da vacina Coronavac. “Tomei por conta (sic) que eu quero viajar, não para me sentir mais segura. Porque uma vacina que dá 50% de segurança para mim não é uma vacina. Tomei foi água”, disse no vídeo.

O Hospital Santa Casa de Misericórdia de Vitória informou apenas que foram tomadas medidas cabíveis sobre o assunto e que não se manifestaria mais sobre. O Sindicato dos Enfermeiros no Estado do Espírito Santo (Sindienfermeiros-ES) explicou que a enfermeira não é filiada ao sindicato, por isso, não podia dar detalhes sobre a situação.

Veja o vídeo


Comentários:

  • Um post infeliz, com resultado infeliz. Algumas experiências ajudam a crescer. Quem sabe?

  • Ué não pode mais falar o que acha? Cadê o direito de expressão, se eu não acho bom não posso falar nada temos que ficar calados? Me poupe cada um cuida da sua vida.

  • Nathanna, estou nessa com você está apoiada, temos o direito de dizer o que achamos de tal coisa, e um direito nosso, e não somos obrigados a concordar com tudo.

  • Estamos juntos nessa, parabéns pela atitude, se não gostamos podemos falar e ponto, nós temos o direito de livre expressão.

  • “Bolsonarista que eu sou”… inculta, ignara, fascista, racista e elitista… Isso prova que faculdade não muda o caráter de ninguém! Além disso, fazer um curso “superior” não significa cultura!
    Hitler estava cheio de médicos, engenheiros, filósofos, músicos, poetas em seu staff! Todos bandidos genocidas torturadores torpes e sórdidos!
    Em tempo… Essa daí vai comer grama até a raiz prá arrumar um emprego!

  • Estamos doidos para tomar a vacina , confiantes nela aí vem uma ENFERMEIRA usa a rede social para falar que tomou água?? liberdade de expressão todos temos né?? Mais que seja para o bem não para um desserviço. Ainda de uma pessoa da área de saúde. Gente pensa antes de falar.

  • Pela jeito afetado dessa pessoa , as caras e bocas ao falar , se percebe uma pessoinha medíocre, cheia de nada( aliás, sim, cheia de bosta!!!) Digna de pena! Patética!


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dinheiro

Imposto de Renda: prazo para declarar vai de março a abril

Dia a dia

Covid-19: estado tem 17 mortes e 1.447 casos em 24h

Dia a dia

Espírito Santo recebe 61 mil novas doses de vacinas

País

Bolsonaro encerra entrevista ao perguntarem sobre o filho