Empresário Jônice Tristão morre aos 90 anos - ES360

Empresário Jônice Tristão morre aos 90 anos

Figura fundamental no crescimento econômico do estado, Jônice fez da Tristão Cia. de Comércio Exterior o maior exportador brasileiro de café durante dez anos consecutivos

O Espírito Santo perdeu hoje um de seus empresários mais dinâmicos. Jônice Tristão, presidente do conselho consultivo do Grupo Tristão, faleceu hoje aos 90 anos, em sua casa, de causas naturais. Ao longo de seus muitos anos à frente do grupo, Jônice fez da Tristão Cia. de Comércio Exterior o maior exportador brasileiro de café durante dez anos consecutivos. Em sua festa de 90 anos, em fevereiro do ano passado, ele afirmou: “A alma não envelhece. Pena que o corpo não acompanha. Mas tenho asas na mente.” O local do velório e horário de enterro não foram divulgados pela família para evitar aglomeração. Ele deixa a esposa, Ilza, e os filhos Sergio, Patrícia e Ronaldo. Ele também era pai de Ricardo, já falecido.

Empresário Jônice Tristão faleceu aos 90 anos. Foto: rede social

A história do grupo Tristão teve início em 1935, em Afonso Cláudio. José Ribeiro Tristão abriu a Casa Misael, nome dado em homenagem ao pai. O armazém vendia de tudo, de alimentos a equipamentos agrícolas, passando por tecidos e armarinhos. José Ribeiro enxergou no café a possibilidade de crescimento e passou a aceitá-lo como moeda de troca. Na década de 50, o produto passou a ser o principal negócio da Casa Misael.

Jônice assumiu o comando dos negócios da família na década de 60 e a José Ribeiro Tristão e Filhos começou a exportar café. Na década de 70, a empresa deu origem a outras duas, a Tristão Cia. de Comércio Exterior e a Triscafé Armazéns Gerais.

Também na década de 70 surgiu a Realcafé Solúvel do Brasil, em Viana, e o Café Cafuso. As empresas foram importantes para o crescimento do mercado de café conilon produzido no estado. No final da mesma década, surgiu a Tristão UK, em Londres.  Em 1981, foi criada a Tristão Trading, em Nova York.  Em 1988, as empresas passaram para a terceira geração da família, recebendo como sócios os filhos de Jônice Tristão. Hoje o Grupo Tristão situa-se entre as empresas mais sólidas da economia capixaba e é um dos maiores da indústria de café no mundo.

Como suplente de Elcio Álvares, Jônice foi senador em períodos intercalados entre 1994 e 1999, quando elcio assumiu o cargo de ministro.

Nota do governador Renato Casagrande

“Jônice Tristão foi um visionário, levou nosso café para todo o mundo e fortaleceu o mercado capixaba, inspirando gerações de empresários em nosso Estado. Parte o homem, fica seu legado. Meus sentimentos aos amigos e familiares.”

Paulo Hartung lamenta morte

Veja a nota emitida pelo ex-governador:

“Hoje acordei com a triste notícia da perda do amigo e empresário Jônice Tristão. Ele fez parte de uma geração de empresários que revolucionou a economia e o modo de investir no ES, inspirando muitos outros que vieram depois dele, sendo, muitas vezes, para mim, uma referência de vigor, inteligência e vontade de viver.

Jônice parte deixando seu nome escrito na história do Estado e do País, além de um belo exemplo para as futuras gerações: o do homem que enxergou além do seu tempo. O ES perde uma liderança importante; já a família e os amigos perdem um ser humano que deixou afeto, alegria e amizade por onde passou.

Junto com sua esposa, Dona Ilza, Jônice construiu uma base familiar sólida. Por isso, meus sinceros sentimentos e solidariedade a todos os familiares e amigos nesse momento de dor.”

Nota do Centro do Comércio de Café de Vitória

“O Centro do Comércio de Café de Vitória lamenta profundamente o falecimento de um dos maiores líderes do agronegócio café brasileiro. Jônice Tristão faleceu na manhã de hoje, em Vitória – ES, aos 90 anos.

Fundador das empresas Tristão, empresário de raro valor e aguçada visão para os negócios, o Sr. Jônice foi o principal responsável por tornar a Tristão Comércio Exterior em uma das maiores exportadoras de café verde do mundo e pela criação da Realcafé Solúvel do Brasil, uma das principais indústrias de processamento de café do País com transações comerciais com vários mercados nos cinco continentes.

Por meio da criação da Realcafé Solúvel, Jônice Tristão promoveu um grande salto na agricultura capixaba, com reflexos diretos no desenvolvimento econômico e social do Espírito Santo, quando assegurou, na época da introdução do plantio de café conilon, que a sua empresa compraria toda a produção da nova planta.

O Centro do Comércio de Café de Vitória orgulha-se de ter tido o Sr. Jônice entre os seus membros e pelo seu engajamento com o setor que ele ajudou a construir a imagem e a credibilidade juntos dos clientes mais exigentes no exterior. Jônice integrou diversas Diretorias e Presidiu o CCCV de 1973 a 1975, continuando até recentemente como um conselheiro ativo em assuntos estratégicos de nossa cafeicultura. Pessoalmente, esta Presidência se sente privilegiada por hoje conduzir a mesma Instituição que teve líderes como o Sr. Jônice e o seu filho Sérgio Tristão, e por fazer parte dessa tradicional empresa na condição de Diretor Superintendente.

O setor exportador de café despede-se de Jônice Tristão, certo de que o seu legado de liderança, tino empresarial e sua figura humana serão preservados pelos seus filhos, netos e acionistas de suas empresas.

À família Tristão rendemos nossas homenagens e prestamos nossa solidariedade”.


Comentários:

  • Quando a CODES criou a Realcafe e consultou o empresariado exportador de café para participar do empreendimento que seria a primeira indústria de café solúvel do Espírito Santo, somente ele respondeu afirmativamente subscrevendo 20% do capital. Posteriormente com a consolidação do projeto e inicio da construção da unidade fabril, e por não ser vocação do Estado ser industrial ele adquiriu a totalidade do capital. Lembro-me bem eu fui o empregado de registro nº 1 da empresa. Pena que os bons e idealizadores que formaram na época a nova economia capixaba estão indo. Velhos de guerra que descanse em paz com os louros de suas Vitórias.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES recebe neste domingo 35,5 mil doses da vacina de Oxford/AstraZeneca

Dia a dia

VÍDEO: enfermeira do ES debocha da vacina nas redes socias

Dia a dia

ES registra 24 mortes e 858 novos casos de covid-19 em 24h

País

Começa a distribuição das doses de vacina AstraZeneca/Oxford para Estados