Em um mês de vacinação contra covid-19, Espírito Santo tem 105.113 imunizados com a 1ª dose - ES360

Em um mês de vacinação contra covid-19, Espírito Santo tem 105.113 imunizados com a 1ª dose

O número de pessoas que recebeu pelo menos uma dose da vacina representa 2,76% do total da população do estado

Covid-19: Pfizer e BioNTech fecham acordo com Japão para fornecer vacinas. Foto: Pexels
Vacina contra o novo coronavírus. Foto: Pexels

 

O Espírito Santo completou nesta quinta-feira (18) um mês do início da vacinação contra a covid-19, mas ainda não há data definida para que todos os idosos com mais de 60 anos comecem a receber a primeira dose. O último balanço mostra que 105.113 pessoas receberam a primeira dose e 462 a segunda dose. O número de pessoas que recebeu pelo menos uma dose da vacina representa 2,76% do total da população do estado, que é de aproximadamente 3,8 milhões de pessoas.

> Cronograma do governo prevê vacinação de todos os capixabas até o final de 2021

O “Vacinômetro” da Secretaria de Estado da Saúde mostra que o Espírito Santo já recebeu 207.420 doses do Ministério da Saúde. 147.441 delas já foram repassadas aos municípios, sendo que 124.166 são referentes às primeiras doses para o grupo prioritário e 47.286 para a segunda dose.

Dentro dos grupos prioritários no estado já começaram a receber a vacina os profissionais de saúde, indígenas, quilombolas, idosos que vivem em instituições e idosos com mais de 85 anos. Todos os quilombolas, indígenas e idosos que vivem em instituições já receberam a primeira dose do imunizante.

Ainda segundo o “Vacinômetro”, Vitória é o município que mais vacinou: 21.302 pessoas foram imunizadas. Na sequência tem a Serra (11.416), Vila Velha (9.364) e Cariacica (7.165). Já Presidente Kennedy, no Sul do Espírito Santo, com 343 doses aplicadas, aparece como a cidade que tem menos pessoas imunizadas nesta primeira etapa. A distribuição das doses pela Secretaria de Estado da Saúde tem sido feita de acordo com o número de pessoas do grupo prioritário de cada município.

Com a perspectiva de chegada das novas doses da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan com o laboratório Sinovac, na semana que vem, o Espírito Santo decidiu antecipar a vacinação dos idosos acima de 80 anos. Nos próximos dias, 15 a 20 mil doses que estavam reservadas para a segunda aplicação da vacina serão liberadas para os municípios.

Nesta quinta-feira, o Espírito Santo atingiu a marca de 6.234 mortes em decorrência da covid-19. Ao todo, foram 313.676 contaminados desde o início da pandemia, sendo que nas últimas 24 horas foram contabilizadas 25 mortes e 1.062 diagnósticos positivos. A boa notícia é que pelo menos 296.340 pessoas venceram a doença e estão curadas.

2ª dose da vacina

Técnica de Enfermagem Iolanda Brito da Silva Santos primeira imunizada contra a covid-19 no estado. Foto: Divulgação/Secom-ES
Técnica de Enfermagem Iolanda Brito da Silva Santos primeira imunizada contra a covid-19 no estado. Foto: Divulgação/Secom-ES

Há um mês, a técnica de Enfermagem Iolanda Brito da Silva Santos, de 55 anos, recebia a primeira dose da vacina contra a covid-19, sendo a primeira capixaba a ser vacinada. Nesta quinta-feira (18), foi mais um dia de emoção para a profissional, que pôde completar o esquema de vacinação.

“Espero que toda a população se conscientize e procure se vacinar quando for a hora certa. Hoje vivo meu dia de glória, podendo completar a vacinação contra a covid-19”, afirmou Iolanda Brito da Silva Santos.

Além da técnica de Enfermagem, os profissionais que foram imunizados no dia 18 de janeiro também receberam a segunda dose da vacina, a fisioterapeuta da unidade, Thais Fonseca Silva e o médico Romerson Ribeiro Silva.

Esta quinta-feira (18) foi o primeiro dia de vacinação da segunda dose contra a covid-19 no Hospital Dr. Jayme. Ao longo dos próximos dias, há uma programação com horários e áreas para que todos os demais funcionários sejam contemplados.

Plano de Vacinação

A vacinação no estado segue o Plano Nacional de Imunização (PNI), que define quais pessoas devem ser vacinadas primeiro. No entanto, ainda não há doses suficientes no país para imunizar todas as 77 milhões de pessoas que fazem parte dos grupos considerados prioritários pelo Ministério da Saúde.

Os estados e municípios têm autonomia para definir seus calendários de vacinação. As cidades estão vacinando profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à covid-19. Também foram imunizados indígenas, quilombolas, idosos que vivem em instituições e neste momento da campanha seguem sendo imunizados os idosos com mais de 85 anos.


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Esportes

Para Colômbia, é ‘improvável’ receber voo da Seleção Brasileira

Política

Cartório 'censura' escritura da mansão de Flávio Bolsonaro

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória

País

Maioria dos bares respeita restrição no Rio