Em recuperação, Trump diz estar ansioso pelo próximo debate com Biden - ES360

Em recuperação, Trump diz estar ansioso pelo próximo debate com Biden

O presidente americano, de 74 anos, foi internado na sexta-feira, 2, no hospital militar Walter Reed, horas depois de divulgar que havia testado positivo para a covid-19

Trump x Biden antecipa o debate no Brasil em 2022. Foto: Reprodução
Trump x Biden antecipa o debate no Brasil em 2022. Foto: Reprodução
Em uma série de tuítes publicados na manhã desta terça-feira, 6, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, minimizou a covid-19 e disse que pretende participar do segundo debate presidencial americano, previsto para 15 de outubro em Miami, na Flórida.

“Estou ansioso para o debate na noite de quinta-feira, dia 15 de outubro, em Miami. Será ótimo!”, escreveu o presidente, que se recupera de covid-19 após ficar três dias internado e ter recebido alta na segunda. O presidente americano, de 74 anos, foi internado na sexta-feira, 2, no hospital militar Walter Reed, algumas horas depois de divulgar que havia testado positivo para a covid-19.

Trump manifestou na rede social que está em boas condições de saúde e minimizou mais uma vez a pandemia que já matou mais de 200 mil americanos.

>
“A temporada de gripe está chegando. Muitas pessoas, em todo ano, às vezes mais de 100 mil, morrem de gripe, mesmo com a vacina. Vamos fechar o nosso país? Não, nós vamos viver com isso, assim como estamos aprendendo a viver com covid, muito menos letais na maioria da população”.

A afirmação de Trump não condiz com os relatórios anuais do Centro para Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), que estima que entre 12 e 61 mil pessoas morrem de gripe anualmente desde 2010.

Nesta terça, o candidato democrata Joe Biden ampliou a vantagem sobre Trump na corrida eleitoral americana. De acordo com pesquisa encomendada pela rede americana CNN, o ex-vice de Barack Obama lidera com vantagem de 57% a 41% das intenções de voto.

>Trump deixa hospital com tratamento que OMS liga a casos graves de covid

De acordo com a pesquisa – realizada após o anúncio de contaminação de Trump por covid-19 -, Biden lidera a preferência dos eleitores em diversos quesitos considerados importantes para a decisão do voto na eleição deste ano.

Entre os prováveis eleitores (aqueles que ainda não se registraram para votar), por exemplo, o democrata é visto como mais confiável quando os assuntos são a pandemia do novo coronavírus (59% a 38%), saúde (59% a 39%), desigualdade racial (62% a 36%), nomeações para o Supremo Tribunal Federal (57% a 41%) e crime e segurança (55% a 43%).

Estadão Conteúdo

Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

De cada seis notificações, um resultado é positivo para covid-19 no ES

Dia a dia

Espírito Santo terá muita chuva nos próximos dias; veja a previsão

Dia a dia

Espírito Santo tem 15 mortes pelo coronavírus em 24 horas

Dia a dia

Rio Doce: em cinco anos, apenas 34% das famílias cadastradas receberam indenização