Eleições 2020: pesquisa aponta empate técnico entre Coser e Gandini em Vitória - ES360

Eleições 2020: pesquisa aponta empate técnico entre Coser e Gandini em Vitória

Segundo levantamento da Rede Vitória/Futura, os candidatos têm 17,5% e 14,2% dos votos, respectivamente. A margem de erro é de quatro pontos

João Coser (PT) e Fabrício Gandini (Cidadania). Foto: Reprodução
João Coser (PT) e Fabrício Gandini (Cidadania). Foto: Reprodução

Os candidatos João Coser, do PT, e Fabrício Gandini, do Cidadania, estão empatados tecnicamente na corrida eleitoral para a prefeitura da capital. O petista, no entanto, leva vantagem. Segundo a pesquisa Rede Vitória/Futura, divulgada nesta quarta-feira (7) pelo Folha Vitória, em um confronto direto entre os dois candidatos, Coser sai na frente com 17,5% das intenções de voto. Gandini tem 14,2%. A margem de erro é de quatro pontos para baixo ou para cima.

O delegado Lorenzo Pazolini (Republicanos) é o terceiro candidato com a maior intenção dos votos: 9%. Na sequência estão Neuzinha (PSDB), com 6,2%; Capitão Assumção (Patriotas), 5,5%; Sergio Sá (PSB) 2,7%, coronel Nylton (Novo) 2,2%, Mazinho (PSD) 2,2%, Namy Chequer (PCdoB) 1,7%, Gilbertinho Campos 1,2% e Fábio Louzada (MDB) 1%.

Dos entrevistados, 20,8% disseram que não sabem, não responderam ou estão indecisos. O percentual de pessoas que não votam em ninguém, branco ou nulo é de 16%.

Se as eleições fossem hoje

Se as eleições ocorressem nesta quarta-feira, Gandini estaria na frente. Segundo o levantamento, o candidatos apresentados, o representante do Cidadania tem 8,3% das intenções de voto, seguido por João Coser, com 7%; e Pazolini, com 4,3%.

O capitão Assumção aparecem em quarto lugar, com 2,2%. Na sequência estão Neuzinha (2%), Sergio Sá (1,8%), Mazinho (1,3%), coronel Nylton (0,8%), Namy Chequer e Gilbertinho Campos (0,5% cada) e Eron Domingos (0,2%). Dos eleitores entrevistados, 50% são indecisos, não sabem ou não responderam e 17,3% não votam em ninguém, branco ou nulo. Outros representam 3,7%.

Rejeição estimulada

João Coser lidera também o ranking do maior índice de rejeição entre candidatos apresentados: 25,5%. Em segundo lugar está o capitão Assumção, com 17,7% e na sequência, Neuzinha, com 8,3%.

Na sequência estão Gandini (7,5%), coronel Nylton (7,3%), Lorenzo Pazolini (5,5%), Namy Chequer (5,3%), Mazinho (2,8%), Sergio Sá (2,8%), Fabio Louzada (1,8%), Gilbertinho Campos (1,7%), Halpher Luiggi (1,5%), Eron Domingos (1,3%) e Raphael Furtado (1,2%).

De acordo com a pesquisa, 6,3% dos entrevistados rejeitaram todos os candidatos, 17,8% não rejeitaram nenhum e 14,2% não souberam responder.

Metodologia

O índice de confiabilidade da pesquisa é de 95%. No total, foram ouvidos 600 eleitores, face a face, entre os dias 2 e 3 de outubro, respeitando todos os protocolos de segurança contra a covid-19. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral sob o número ES-04597/2020.


Comentários:


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

Covid: governo do ES vai pedir ao TRE proibição de comícios e passeatas

Dia a dia

VÍDEO: veículo explode e deixa um morto em Vitória

Dia a dia

Espírito Santo registra 6 mortes e 604 casos em 24 horas

Dia a dia

Prefeito de Vitória, Luciano Rezende, testa positivo para covid-19