Eleições 2020: janela para troca de partido começa nesta quinta-feira - ES360

Eleições 2020: janela para troca de partido começa nesta quinta-feira

Em 4 de abril, todos os partidos que pretendem ter nomes na disputa eleitoral devem estar com registro aprovado pelo TSE

Urna eletrônica. Foto: Arquivo/Elza Fiúza/Agência Brasil
Urna eletrônica. Foto: Arquivo/Elza Fiúza/Agência Brasil

 

O prazo para prefeitos e vereadores que vão se candidatar nas eleições municipais trocarem de partidos sem sofrer punições começa nesta quinta-feira (5). A janela partidária vai até o dia 3 de abril e permite que candidatos à reeleição nas câmaras municipais ou a prefeito mudem de sigla sem correr o risco de perder o mandato atual.

O prazo acaba seis meses antes do primeiro turno, que ocorre em 4 de outubro. O segundo turno está marcado para o dia 25 do mesmo mês. A troca de partido abre a corrida eleitoral e permite que parlamentares busquem mais recursos e apoio político para as campanhas.

Em 4 de abril, todos os partidos que pretendem ter nomes na disputa eleitoral devem estar com registro aprovado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). Neste prazo, candidatos devem estar com a filiação aprovada pelo partido e ter domicílio eleitoral no município em que desejam concorrer.

A partir de 20 de julho os partidos estão autorizados a promover as convenções internas para escolha de seus candidatos, que deverão ter os registros das candidaturas apresentados à Justiça Eleitoral até 15 de agosto. Um dia após esse prazo, em 16 de agosto, a propaganda eleitoral está autorizada, inclusive na internet, até 3 de outubro, último dia antes do primeiro turno.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Dia a dia

ES é o sétimo estado com maior número de mortes do país

Dia a dia

Casagrande se reúne com fabricante da vacina Sputnik V

Política

Ex-ministros lançam manifesto contra política de Bolsonaro

Dia a dia

Maranata leva ensinamentos a pessoas com deficiência