Dois motoristas são multados diariamente na Linha Verde - ES360

Dois motoristas são multados diariamente na Linha Verde

Apenas ônibus, táxis, vans e carros com três ou mais pessoas podem usar a faixa de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 14h

Faixa começou a ser fiscalizada no final de novembro. Foto: Chico Guedes
Faixa começou a ser fiscalizada no final
de novembro. Foto: Chico Guedes

Quase dois meses depois de iniciada a fiscalização na Linha Verde da praia de Camburi, em Vitória, 144 veículos foram multados por descumprir as regras de uso. A fiscalização teve início no dia 27 de novembro do ano passado. Por dia, em média, foram aplicadas 2,6 multas, considerando o período que vai do início da fiscalização até o dia 20 de janeiro. Motoristas, porém, afirmam que falta fiscalização no local e que, por isso, mais pessoas estão voltando a usar a faixa irregularmente.

Apenas ônibus, táxis, vans e carros com três ou mais pessoas podem usar a faixa de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 14h. A fiscalização, que inicialmente seria feita por meio de câmeras de videomonitoramento, é realizada por agentes da guarda municipal, já que é necessário verificar a quantidade de pessoas no interior dos veículos.

Quem passa pelo local todos os dias afirma que muitos motoristas têm desrespeitado as regras por não encontrar agentes de fiscalização. “Agora, tem até engarrafamento na Linha Verde, porque todo mundo está usando”, diz um motorista de aplicativo que prefere não ser identificado.

Para o taxista Marcos Amorim, o uso da faixa deveria ser exclusivo para ônibus, táxis e vans. “Não há como verificar dentro de cada carro se tem três ou mais pessoas. Só vi fiscalização na primeira semana. Depois, nunca mais. Além disso, um trecho tão pequeno de faixa exclusiva ajuda muito pouco no dia a dia do motorista”, opina.

De acordo com a prefeitura de Vitória, o total de multas aplicadas corresponde a 0,24% do universo de mais de 60 mil veículos que trafegam pela via por dia.

Em outro trecho de Linha Verde na cidade, na rua Dukla de Aguiar, são registradas, em média, 234 infrações por mês. No último ano, foram 3.043 notificações por uso irregular da faixa. Neste trecho, a faixa não é liberada para veículos com três ou mais pessoas.

A multa para quem desrespeita o uso das faixas exclusivas é de R$ 130,16, com perda de quatro pontos na habilitação.

Mais notícias
Bem-estar

Ocupação de UTIs chega ao pior nível da pandemia

Dia a dia

Barragem em Brumadinho rompeu por perfuração da Vale

Dinheiro

Taxa de desemprego de 2020 é a maior desde 2012

Dia a dia

Motoboys protestam contra alta da gasolina na Grande Vitória