Diretor do BC diz que será lançada conta salário no Pix - ES360

Diretor do BC diz que será lançada conta salário no Pix

Modalidade vai permitir movimentações na conta salário por meio do sistema de pagamentos instantâneos

O diretor de Organização do Sistema Financeiro do Banco Central, João Manoel Pinho de Mello, informou nesta quinta-feira, 28, uma série de produtos ligados ao Pix – o sistema brasileiro de pagamentos instantâneos – que serão lançados ao longo do ano de 2021. Entre eles está a conta salário no Pix, para permitir movimentações na conta salário por meio do sistema.

Pinho de Mello citou ainda, para este ano, a integração dos aplicativos dos participantes do Pix com a lista de contatos nos smartphones dos usuários. “Isso visa a aperfeiçoar a experiência do usuário ao facilitar a identificação, entre seus contatos, de quem possui chave Pix registrada”, explicou.

Outra novidade será a criação de um mecanismo de devolução de recursos, em casos de fundada suspeita de fraude ou falha operacional nos sistemas das instituições participantes. “Esse mecanismo de devolução é mais uma inovação que será agregada às regras Pix e proverá uma proteção adicional para os usuários. Além disso, permitirá uma maior eficiência no processo de devolução de recursos indevidamente creditados”, disse.

Uma inovação prevista para 2021 é a do saque Pix, que permitirá retiradas de recursos pelos usuários em estabelecimentos comerciais. O BC também pretende lançar este ano o Pix por aproximação e o iniciador de pagamentos no sistema.

Nesse segundo caso, o desenvolvimento seguirá “o cronograma estabelecido no open banking (compartilhamento dos dados dos clientes), para permitir que os iniciadores possam ser participantes do Pix assim que todas as especificações técnicas que estão sendo definidas no open banking estejam implantadas, agregando ainda mais competição no arranjo”, disse Pinho de Mello.

O open banking é o sistema de compartilhamento de dados dos clientes entre as instituições financeiras. Sua primeira fase será lançada na próxima segunda-feira, dia 1º de fevereiro.

Em sua fala, Pinho de Mello também destacou o sucesso do Pix, lançado no fim do ano passado. “A quantidade de Pix em janeiro já ultrapassou a quantidade de TEDs e DOCs somados, em apenas pouco mais de dois meses de operação plena”, disse, na abertura da 12ª Reunião Plenária do Fórum Pix, promovida pelo Banco Central.

Estadão Conteúdo


Deixe um comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Mais notícias
Esportes

Para Colômbia, é ‘improvável’ receber voo da Seleção Brasileira

Política

Cartório 'censura' escritura da mansão de Flávio Bolsonaro

Dia a dia

Governo do ES abre mais de 10 leitos de UTI em Vitória

País

Maioria dos bares respeita restrição no Rio